in

Na mira do Grêmio, Carlos Sánchez briga com diretoria do Peixe e não comparece nos treinos

Ivan Storti/Santos/Divulgação
Publicidade

O clima entre os empresários de Carlos Sánchez e a diretoria santista não anda dos melhores. Logo no início da temporada, no retorno aos trabalhos, os torcedores puderam notar reflexos da má relação. O uruguaio foi ausência nos dois primeiros dias de atividades em 2020, e sequer deu justificativa diante do não comparecimento ao Centro de Treinamento.

A situação ficou ruim entre as duas partes por conta de débitos financeiros. A diretoria do Peixe se prontificou a pagar o que deve para Carlos Sánchez até o fim do mês de janeiro. Entretanto, apesar da promessa, fontes ligadas aos bastidores do clube da baixada santista afirmam que o clima segue muito pesado.

A verdade é que Carlos Sánchez não está nem um pouco contente com a maneira dos dirigentes de gerirem a equipe, o que foi confirmado pelos seus representantes nas últimas reuniões tidas entre as partes. Mesmo com o mau tempo, poucos imaginariam que o uruguaio sequer compareceria aos primeiros dias de trabalho.

Publicidade

Quem acompanha de perto toda a movimentação é o Grêmio. O time de Renato Portaluppi já demonstrou interesse pelo jogador, mas a diretoria do Imortal garante que não irá intervir nos problemas entre Sánchez e Santos. Apenas se houver a decisão final do jogador em abandonar o Peixe é que o clube gaúcho dará início às negociações.

Publicidade

Mesmo diante do anúncio, alguns representantes do Tricolor já mantiveram contato com o staff do experiente atleta de 35 anos, em busca de informações relativas ao seu futuro no futebol brasileiro, havendo o interesse de contratação.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.