in

5 hábitos que tiram todo seu dinheiro e você não sabia

juros baixos
Publicidade

O ano está começando e junto com o nascimento de 2020 começam as avaliações de como fazer o ano ser mais produtivo, mais saudável e mais econômico. São as famosas promessas de início de ano que começam com toda força e acabam se perdendo com o passar dos dias, mas falando de finanças, existem hábitos que precisam ser esquecidos se você quer realmente ser bem-sucedido.

Às vezes, por falta de organização e controle as pessoas acabam se endividando com coisas supérfluas que poderiam ser evitadas com o mínimo de esforço, sendo assim, confira 5 hábitos que tiram todo seu dinheiro e você não sabia.

Economia doméstica é o caminho para ser bem-sucedido

A primeira coisa que muitos costumam fazer é gastar por impulso e desgovernar a grana que era para durar todo mês. Quando você sair pra fazer compras ou a um passeio tenha consciência de anotar o que realmente deve ser comprado e não compre nada além do que está escrito.

Publicidade

Quem tem cartão de crédito sabe que quando não se tem o dinheiro para comprar à vista acaba-se parcelando a perder de vista e esse é um hábito horrível, pois pagamentos a longo prazo te deixam refém do cartão de crédito e com uma dívida muito extensa.

Evite o uso do cartão de crédito

Um erro que a maioria das pessoas comete e compromete parte preciosa do salário é o hábito de jantar fora com frequência ou fazer lanches do tipo fast food aos fins de semana. Isso compromete a renda e impede que o dinheiro sobre. Uma dica é fazer programas fora apenas em datas especiais e reservar uma parte do salário só para isso, para que o cartão de crédito não seja usado.

Outra coisa que acaba te deixando atordoado até o pescoço em dívidas é pagar apenas o mínimo da fatura, postergar o pagamento de dívidas e aplicar a elas juros é o pior erro que se deve cometer, por isso, deixe de fazer aquela compra, leve marmita para o serviço, ande menos de Uber, mas pague o valor integral de sua fatura.

Para finalizar, as pessoas tem o costume de não negociar suas dívidas para pagar com parcelamento e isso é um erro grave, pois quanto mais o tempo passa, mais juros vai se aplicando ao valor e mais difícil de algum dia conseguir limpar seu nome.

Tatiane Braz

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.