in

Em novo vídeo, Eduardo Fauzi ataca Lula e Porchat

Revista fórum
Publicidade

Identificado pela polícia, como um dos suspeitos de ter promovido o atentado à bomba contra a produtora do programa de humor, Porta dos Fundos, Eduardo, aparece em um novo vídeo gravado por ele mesmo. O vídeo começou a circular no último dia 3 nas redes sociais.

Na gravação, ele ataca o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e também o humorista Fábio Porchat. 

Eduardo Fauzi ainda está foragido, mas ele afirma no vídeo que o ataque a produtora do Porta dos Fundos não se trata de um ataque terrorista. Segundo ele, não houve nenhum dano material, ninguém foi colocado em perigo, e por isso o ato não se caracteriza como criminoso diante da blasfêmia contra Cristo.

Publicidade

De acordo com as investigações, ele estaria na Rússia, depois de ter feito uma escala em Paris. Ele mesmo admitiu que quando soube da ordem de prisão fugiu para Moscou um dia antes.

O vídeo foi gravado no mesmo quarto que o anterior, no qual ele desafiou a polícia e chamou os integrantes do Porta dos Fundos de criminosos, marginais e bandidos.

Fauzi, afirma que Fábio Porchat é uma pessoa hipócrita ao dizer que as reações negativas do especial de Natal são caracterizadas como homofobia. Sobre Lula, disse que é um absurdo o ex-presidente dizer que um menor não pode ser reeprendido pela polícia porque roubou um celular.

Eduardo, é afiliado ao PSL, mesmo partido que Jair Bolsonaro concorreu ao cargo de presidente em 2018, e possui mais de 15 registros criminais.