in

Diretoria do São Paulo define futuro de Bruno Alves e Arboleda e anuncia falta de recursos

Divulgação São Paulo
Publicidade

A torcida do São Paulo espera que, enfim, em 2020 o time volte a ser campeão. A última vez que isso aconteceu foi em 2012, quando a equipe venceu a Copa Sul-Americana.

Antes disso, havia vencido o Campeonato Brasileiro de 2008. De 2009 a 2019, portanto, foi apenas um título e muito sofrimento para os torcedores.

Depois de gastar muito em 2019, com as contratações de nomes como Daniel Alves, Hernanes e Alexandre Pato, a diretoria já anunciou que está sem recursos para 2020.

Publicidade

Por este motivo, não deve ser feita nenhuma contratação de peso. Fernando Diniz, que foi mantido como treinador, terá que dirigir a equipe que tem.

Publicidade

Em relação ao futuro dos zagueiros Arboleda e Bruno Alves, o destino deles foi definido: eles vão permanecer na equipe nesta temporada. Juntos, colaboraram para o São Paulo ter a defesa menos vazada no Brasileirão.

Bruno Alves chegou a ser cogitado no Flamengo, mas o negócio não foi adiante. Arboleda se envolveu em polêmica nas férias ao posar com a camisa do Palmeiras.

Para muitos são-paulinos, ele deve deixar a equipe. Parte da torcida se revoltou ao vê-lo com a camisa do Palmeiras e ele deixou o status de ídolo.

Mas para brigar por títulos em 2020, Fernando Diniz a e a diretoria sabem que a dupla de zaga é importante. Reserva imediato, Anderson Martins segue no clube. O zagueiro Walce, segundo reserva, ainda interessa ao Bragantino.

Neste ano, o São Paulo disputará Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores da América. Serão quatro chances de ser campeão.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br