in

Plateia do Se Joga é contra adoção por casais homossexuais e Fernanda Gentil fica perplexa

Reprodução Globo
Publicidade

O programa Se Joga é exibido pela Rede Globo de segunda a sexta, no horário da tarde. Nesta quinta-feira (26), a atração abordou um tema polêmico.

Foi perguntado à plateia se eles eram à favor ou contra a adoção por parte de casais gays. Fernanda Gentil, uma das apresentadoras do programa, cria um filho de sangue e outro adotado junto com sua parceira, Priscilla Montadon.

Parte da plateia se posicionou contrária à adoção por parte de casais gays. Embora a maioria tenha levantado a placa do “sim”, os que levantaram o “não” causaram desconforto.

Publicidade

Fernanda Gentil nem conseguiu reagir aos nãos. Érico Brás, outro apresentador do programa, entrevistou somente quem respondeu sim. Uma das ouvidas afirmou que as crianças que estão na fila de adoção estão pedindo amor.

Publicidade

“As crianças estão só pedindo amor, não importa se é homem com homem ou mulher com mulher, elas só querem um lar, ser amadas, independente do sexo”, afirmou.

Quem usou a plaquinha contrária à adoção não foi ouvido pelo programa. Nas redes sociais, algumas pessoas se manifestaram contrárias à atitude do programa.

“Se é uma questão de opinião, porque o amigo não perguntou para a garota de tranças, porque ela não concorda com a adoção… Só interessa quando concorda?”, afirmou um internauta no Twitter.

Alguns classificaram a resposta dos que são contra a adoção de crianças por casais homossexuais como uma forma de homofobia. Fernanda Gentil, que estava calado, permaneceu assim e não entrou em debate com quem é contra.

Neste período de Natal, o Se Joga conseguiu duas vitórias raras sobre a Record TV.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br