in

Sampaoli vê Flamengo ‘muito distante’ dos demais clubes e responde sobre treinar o time: ‘não sei’

Divulgação/SuperFLA
Publicidade

O técnico argentino Jorge Sampaoli concedeu uma de suas raras entrevistas na noite desta segunda-feira (16) para a Agência EFE. Dentre os principais assuntos da pauta, estiveram o seu “não” para dirigir as equipes paulistas de Santos e Palmeiras. Um dos principais motivos do comandante não permanecer no futebol brasileiro tem relação com o Flamengo.

Para Sampaoli, o trabalho desta temporada foi bem positivo, tendo conquistado a maior soma de pontos no Campeonato Brasileiro em toda a história dos Santos, sagrando-se vice-campeões. Além de estar muito próximo do objetivo final, a classificação para a Libertadores também serviu para fechar positivamente o ano.

Com um perfil bastante competitivo, Sampaoli destaca que os planejamentos do Santos para a temporada de 2020 impediriam que a equipe disputasse em alto nível a Libertadores ou o Campeonato Brasileiro, fazendo com que ele optasse pela saída.

Publicidade

Publicidade

Quanto ao Palmeiras, o argentino disse que não foi possível chegar a um acordo econômico, e as posturas esportivas também não estariam de seu agrado. Para ele, a equipe do Flamengo se distanciou muito em relação aos demais clubes do país, e somente estaria disposto a continuar no Brasil se fosse brigar por títulos.

Questionado sobre o seu futuro enquanto treinador, Jorge Sampaoli não foi preciso. Na verdade, ele quis despistar sobre as possibilidades, embora seja real o interesse por parte da Seleção do Equador. Perguntado sobre a possibilidade de treinar o Flamengo, ele respondeu: “Não sei. Onde o futebol disser, onde eu esteja perto do que minha expressão futebolística me faça feliz dentro de um campo de jogo. No lugar onde esteja, seguramente, serei feliz”.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.