in

Tragédia no campo: motorista perde o controle de trator e mata colega de trabalho esmagado

Montagem: Henrique Furtado (Fernanda Manécolo + Correio Lageano)
Publicidade

Uma tragédia aconteceu na zona rural do município de Matão, localizado em São Paulo. Um trabalhador de 58 anos morreu após ser prensado por um trator. A máquina acabou caindo de uma altura próxima a 3 metros, atingindo um terreno onde é feita a secagem do café, no momento em que o homem estava exercendo o seu ofício.

A vítima foi identificada como Mauro Pereira Gomes. Momentos antes da tragédia, ele estava fazendo uma limpeza do terreno, retirando as sujeiras e colocando na pá do trator. Neste momento, o colega de trabalho acabou perdendo o controle do veículo, ocasionando a fatalidade. As informações constam no boletim de ocorrência.

Mauro acabou se desequilibrando, e caiu dentro de uma vala. Para a sua infelicidade, o mesmo aconteceu com o trator, que caiu sobre a vítima, esmagando-a. Desesperados, os colegas de trabalho contataram o Serviço Móvel de Urgência (Samu), que chegou até a fazenda. Todavia, ao se depararem com Mauro, os médicos não puderam fazer nada, apenas constatando o óbito.

Publicidade

Após a tragédia, agentes de perícia da Polícia Civil foram até o local na tentativa de investigar as causas da morte de Mauro, bem como o que levou o operador do trator a perder o controle. A mesma autoridade ficará incumbida dos demais trabalhos de praxe.

Publicidade

Até o momento, os proprietários da fazenda não se pronunciaram, e sequer foram encontrados, conforme atesta o portal de notícias G1. Não se sabe ainda se os trabalhadores estavam respeitando as normas de segurança necessárias para a função, e tudo isso deve ser trabalho do processo investigatório.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.