in

Lembra dela? Ex-atriz mirim de O Clone faz tatuagem inusitada e chama atenção do público

Reprodução: Jornal Metrópoles

Uma das novelas mais clássicas da Rede Globo, O Clone, recentemente, voltou a ser exibida em um dos canais por assinatura da emissora, no Viva. Quase vinte anos após a primeira exibição, em 2001, os telespectadores estão tendo a oportunidade de relembrar as histórias vividas por Jade, interpretada por Giovanna Antonelli, e diversos outros personagens.

Entre aqueles que participaram da trama, está Khadija, vivida por Carla Diaz que, na época, ficou famosa pelo jargão que proferia em quase todos os capítulos: “Inshalá”. Essa fala da personagem marcou tanto a vida da atriz que ela optou por guardá-la em seu corpo, resultando em uma tatuagem.

Em uma entrevista ao Gshow, Carla revelou que tatuou a expressão na costela e demonstrou muita gratidão à escritora da novela, Glória Perez, pela oportunidade de ter feito o trabalho. Tendo O Clone contribuído muito para o crescimento profissional da atriz, que precisou estudar outro idioma e aprender dança do ventre.

Carla destacou que o jargão de sua personagem não só a marcou, mas também chama atenção do público até os dias atuais. Hoje, com 29 anos, ela disse que as pessoas ainda a param na rua para comentar sobre o papel da novela.

A tradução do Inshalá para a língua portuguesa se assemelha à expressão “Se Deus quiser”. Após o papel em O Clone, Carla atuou em diversas novelas, como A Casa das Sete Mulheres e Sete Pecados, e já tem um papel expressivo marcado para o ano que vem, quando interpretará Suzane Von Richthofen, em A Menina que Matou os Pais.