in

Porta dos Fundos zomba da fé cristã em novo filme, causa rebuliço e castigo aparece

Divulgação: Porta dos Fundos
Publicidade

O grupo de humor Porta dos Fundos, formado por Gregório Duduvier, Fábio Porchat, Antonio Tabet e outros integrantes, tornou-se assunto comentado nas redes sociais nos últimos dias por causa do especial de Natal da trupe.

O novo filme do grupo foi postado pela Netflix e está dando o que falar. Os cristãos se sentiram ofendidos com o modo como a vida de Jesus é retradada na série.

Nas redes sociais, especialmente no Twitter e Facebook, há diversas críticas à Porta dos Fundos e também à Netflix pela divulgação do filme. Boicotes estão sendo planejados.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos pastores estão se manifestando contra o especial de Natal da Netflix. Alguns internautas falam em cancelar o serviço de streaming e este pode ser um dos castigos à Netflix por colocar no ar o filme da trupe de humor.

Publicidade

SOBRE O GRUPO PORTA DOS FUNDOS E O SEU DEBOCHE COM CRISTIANISMOO grupo Porta dos Fundos já passou dos limites há muito…

Gepostet von Renato Vargens am Freitag, 6. Dezember 2019

“Na Netflix tem como dar deslike. Mete um deslike nesse lixo”, comentou um internauta. “Não deem ibope. Eles não merecem. Negative os vídeos!”, disse outro. “É importante deixar o porta dos fundos no lugar que ele merece, na porta dos fundos. Detalhe, quem sai por essa porta geralmente é o indesejado”, criticou mais um.

Alguns internautas pediram que o Porta dos Fundos faça piada com o profeta Maomé, do islamismo.

Entre outras coisas, Jesus é retratado como homossexual no filme do grupo Porta dos Fundos. José, pai de Jesus, é retratado como alguém que foi traído. Gregório Duvivier e Fábio Porchat são declaradamente ateus.

Esta não é a primeira vez que o Porta dos Fundos causa polêmicas com filmes ou vídeos retratando a fé cristã. Em outras oportunidades, também houveram muitas críticas ao grupo de humor que, recentemente, ganhou um prêmio Emmy, uma das mais importantes premiação do audiovisual mundial.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br