in

Homem mata 5 pessoas da mesma família após descobrir que não era pai de uma criança

Divulgação: G1
Publicidade

Uma tragédia em família foi registrada na manhã de quinta-feira, por volta das 5h20, na cidade de São Vicente, no litoral de São Paulo. Um homem identificado como Alex Sander Correia, de 40 anos, revoltado após descobrir o resultado de um exame de DNA, atirou na esposa, matou a ex-amante e mais quatro pessoas da família da amante em seguida se suicidou.

Publicidade

As vítimas foram identificadas como, Margarete Pinheiro dos Santos, de 41 anos, ex-amante, Carlos Alberto Neves, 57 anos, padrasto de Margarete, Daulira das Graças Neto Neves, 66 anos, mãe, Maisa das Graças Pinheiro Silva, 39 anos, irmã e Larissa Pinheiro do Monte, 19 anos, filha de Maissa e sobrinha de Margarete.

Publicidade

As primeiras investigações realizadas pela polícia, apontaram que o acusado estava tendo uma discussão com Maria Renata esposa, sobre o resultado do DNA. Alex havia revelado para esposa que ele não era o pai de uma criança de 7 anos de um relacionamento que ele teve fora do casamento.

A esposa do acusado começou a zombar da situação. Alex ficou furioso e deu um tiro na cabeça da esposa. Ela foi socorrida e levada para o hospital em estado grave. Em seguida, Alex foi até a casa da ex-amante localizada no bairro Vila Jockei.

Publicidade

Ele invadiu o local e atirou na ex-amante e mais quatro da mesma família. De acordo com o esposo de Maísa morta por Alex, relatou que todos estavam dormindo e foram acordados com os barulhos dos tiros.

“Acordamos com o barulho dos tiros e fomos ver o que estava acontecendo na casa da minha sogra. Voltei para casa e tranquei a porta, fui para o banheiro e fiquei abaixado com meu filho e meu sobrinho”, diz Robson. Após cometer a chacina o acusado tirou a própria vida. A tragédia está sendo investigada pela polícia local. 

Publicidade

Leia Também

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional, e nas horas vagas escrevo para o site 1News.