in

Pai de Maisa é confundido com segurança, sofre racismo e filha comove o defendendo

Reprodução: Instagram da Maisa
Publicidade

A apresentadora do SBT, Maisa Silva, é filha de Gislaine Silva e Celso Andrade. Sendo o grande eixo da família, Maisa conseguiu fazer com que sua família se mudasse para um bairro nobre. Mesmo estando em um lugar de classe alta, a apresentadora relata um preconceito vivido por sua família.

Publicidade

Maisa chocou com a atitude de responder alguns comentários de fãs, no Twitter, sobre a cor de sua pele. Uma internauta questionou se a garota se consideraria parda, mas ela respondeu que não, pois sempre se considerou branca, por mais que haja uma mistura de cor entre seu pai, negro, e sua mãe, branca.

Publicidade

A apresentadora relata que nunca sofreu preconceito por sua cor, mas que, na família de seu pai, exceto ela e um primo, todos são negros e o racismo é muito forte na vda deles. Maisa conta que, após se mudarem para um bairro nobre, sempre confundem Celso, seu pai, com um segurança ou motorista da família, tendo um tratamento diferenciado com ela e sua mãe.

Maisa diz que não é pela roupa que utiliza que seu pai é confundido, mas sim por conta da cor. Fãs se solidarizaram com a situação vivida pelo pai da artista e criticaram a atual sociedade.

Publicidade

Maisa tem muitos seguidores nas redes sociais e carrega uma legião de fãs. Atualmente, a apresentadora domina parte das tardes dos sábado, no SBT, emissora do empresário Silvio Santos. O programa da ex-mirim vem repercutindo muito, porém vem registrando altos e baixos.

A apresentadora começou com participações em programas do Raul Gil e Silvio Santos, posteriormente, ganhou o comando do Bom Dia & Companhia, nunca deixando de ser uma grande estrela, desde a infância.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Diego Tardelli fala em tom de despedida no Grêmio: ‘mais acertei do que errei’