in

Após ameaça de deixar o Grêmio, diretoria não se intimida e contraria Renato Portaluppi

Globo Esporte
Publicidade

O Grêmio não viveu nesta temporada um de seus melhores anos. Atualmente em quarto lugar na reta final de Campeonato Brasileiro, o tricolor gaúcho foi eliminado na semi-final da Libertadores pelo campeão, Flamengo.

Publicidade

Visando uma melhora para a próxima temporada, o treinador do time, Renato Portaluppi, deu uma declaração forte após a derrota para o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro no domingo (17).  

Publicidade

Ele disse que, para o clube brigar por título no ano que vem, contratações devem ser realizadas e reforços de peso teriam que chegar em Porto Alegre. Deixou um tom de ameaça no ar, disse que nasceu para vencer, e que os reforços para o ano que vem seriam essenciais: “Eu nasci para vencer e vou fazer meu grupo vencedor. Para fazer isso, tenho que ter grupo vencedor“. 

Acontece que, a diretoria parece não ter se intimidado com a declaração de Renato, e seus planos, a princípio, continuarão os mesmos: a redução para verba de contratação.  

Publicidade

O investimento de contratação para a próxima temporada não deve ultrapassar o valor de R$ 16 milhões. Para 2019, o Grêmio aplicou R$ 18,5 milhões para trazer reforços.  

Rigorosa com a política de redução de gastos, os dirigentes do tricolor gaúcho acreditam que a solução para o time está no elenco atual. Alguns jogadores que possuem salários elevados e baixo custo-benefício poderão valer-se como uma moeda de troca para novas aquisições, como por exemplo, o atacante Luan. 

Próximo confronto

O próximo jogo do tricolor gaúcho é pelo Campeonato Brasileiro contra o São Paulo, neste domingo (01). O jogo acontecerá em Porto Alegre e terá início às 19 h.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rafael

Rafael Ferreira é um escritor que gosta de redigir matérias jornalísticas, levando entretenimento e cultura para seus leitores. Sinta-se a vontade para entrar em contato: rafael_ferreira_@live.com