in

Mercado da bola: Santos, São Paulo ou Flamengo? Diego Ribas revela desejo para o futuro

Exame.abril.com
Publicidade

O Flamengo acabou de ganhar o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores da América, e um dos jogadores que viveu momentos difíceis e agora colhe as coisas boas é o meia Diego Ribas. Foi de Diego a assistência para Gabigol virar a partida contra o River Plate e colocar esse time na história do clube carioca.

Desejo para o futuro

Como é comum no Brasil, sempre que chega o final da temporada começam as especulações sobre contratações. Diego Ribas está sendo cogitado no Santos e no São Paulo, como já ganhou os títulos que queria pelo Flamengo, os clubes paulistas veem com bons olhos a contratação do meio-campo experiente.

Porém, Diego Ribas recuperou-se a pouco tempo de uma lesão grave, onde muitos disseram que o jogador não atuaria mais esse ano, mas o departamento médico do Flamengo agiu rápido e foi responsável pela recuperação do atleta num prazo menor que o esperado. Com um profissionalismo de dar inveja, Diego se cuidou, intensificou o processo de recuperação e conseguiu voltar a jogar ainda em 2019, inclusive foi dele o passe que originou o gol de Gabigol na virada contra o River Plate.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Eu ainda não paro muito para pensar. Mas não me vejo fora do Flamengo. Não consigo. Tenho certeza que é uma grande possibilidade estar aqui nos próximos anos”, falou o camisa 10 da Gávea.

Sonho realizado

Desde que chegou ao Flamengo, Diego sabia que a Libertadores era o sonho da torcida rubro-negra, porém os primeiros anos foram complicados, pois o time não conseguia passar da fase de grupos. Esse ano, com a vinda de ótimos jogadores e do treinador português Jorge Jesus, o sonho foi realizado. O Flamengo foi se tornando mais forte durante a competição e com o título brasileiro praticamente encaminhado, restou ao time confirmar o bom momento vencendo o River Plate, tarefa conseguida com êxito nos minutos finais da partida.

Publicidade
Publicidade
Fernando Goulart

Escrito por Fernando Goulart

Sou estudante de Direito e um apaixonado por escrever.