in

Grêmio pode embolsar mais de R$ 20 milhões com negociação de atacante

Divulgação Grêmio
Publicidade

O Grêmio pode engordar seus cofres nas próximas semanas. O atacante Tetê, que defendeu o clube até o começo do ano, deve ser negociado na Europa e o Tricolor, dono de parte dos direitos econômicos do atleta, sairá ganhando nesse negócio.

Publicidade

Tetê defende o Shaktar Dontesk, da Ucrânia, e pode ser vendido ao Milan, da Itália. Seria uma mudança de patamar na carreira do jogador. O clube italiano estaria disposto a pagar impressionantes R$ 138 milhões para oficializar a contratação do atacante.

Publicidade

O Grêmio possui 15% dos direitos econômicos do jogador e ainda receberia mais 3% por ser o formador. Neste caso, o Grêmio embolsaria R$ 24 milhões no negócio.

A diretoria do Grêmio estaria torcendo para que o negócio seja concretizado. Todo dinheiro é importante no orçamento da equipe que deve ter Palmeiras e Flamengo como grandes rivais no ano que vem.

Publicidade

O Tricolor vai disputar o Campeonato Gaúcho, a Copa do Brasil, a Copa Libertadores da América e o Campeonato Brasileiro na próxima temporada. Reforços são importantes e, para isso, é preciso dinheiro.

Flamengo e Palmeiras montaram grandes equipes nos últimos anos porque tinham orçamento robusto. A venda de Tetê poderia reforçar o caixa do Grêmio. No começo do ano, ele foi negociado por R$ 43 milhões, na cotação da época.

Confirmando a negociação, ela mostra o quanto é importante ser formador de um jogador de futebol. Além, claro, de vender o atleta e ainda manter parte dos direitos econômicos. A torcida do Grêmio torce para o que negócio seja finalizado nas próximas semanas.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.