in

São Paulo quer se desfazer de medalhões, e Fernando Diniz teria definido primeiro nome da lista

Divulgação São Paulo
Publicidade
Publicidade

O São Paulo termina mais uma temporada sem títulos. De 2013 para cá, o Tricolor não conquistou nenhuma taça. A situação fica ainda pior quando comparado aos rivais.

Palmeiras, Santos e Corinthians ergueram muitas taças nos últimos anos, o que tem deixado o São Paulo como a quarta força do futebol do estado. A torcida não aceita isso.

Publicidade

O planejamento para 2020 já teria começado. O atual treinador, Fernando Diniz, que ainda corre riscos no cargo, especialmente se o time não conseguir vaga na Copa Libertadores da América do ano que vem, começa a pensar na próxima temporada.

A diretoria deve dispensar os medalhões que não estão sendo aproveitados pelo treinador. O volante Hudson, por exemplo, que vem tendo pouco espaço na equipe, deve ser o primeiro da lista para deixar a equipe.

Publicidade

De acordo com o UOL Esporte, a tendência é que Hudson seja envolvido em uma negociação. Volante do São Paulo, Hudson teve uma boa passagem pelo Cruzeiro. No começo do ano, o time mineiro tentou contratar o jogador, mas o negócio não caminhou.

Na reta final do Paulistão, Hudson foi escalado na lateral-direita e se destacou. Volante de origem, ele quis retornar à posição; só que hoje a concorrência é grande.

Luan, Liziero e Tchê Tchê, além de Jucilei, estão à frente de Hudson hoje. Por isso, a tendência é que ele saia mesmo no fim da temporada. Ele não deve ser o único a deixar o São Paulo.

A equipe deve mudar algumas peças para a temporada de 2020. A enorme torcida espera que, enfim, venha o tão esperado título.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.