in

Maicon surpreende, fala sobre situação difícil e revela quando deixará o Grêmio

Getty images
Publicidade

O volante Maicon chegou ao Grêmio em 2015, emprestado pelo São Paulo, e a troca de clube não foi fácil. Muita gente falou para o jogador que as características dele não batiam com as do Tricolor gaúcho.

Publicidade

Maicon sempre foi marcado pelo bom passe e boa visão de jogo e mostrou isso no Grêmio. Desde que ele chegou, o clube vive uma era vitoriosa, com conquista da Copa Libertadores da América e outros torneios.

Publicidade

Aos 34 anos, porém, Maicon já pensa no final da carreira. “Não me vejo jogando até os 41 anos com o Léo Moura. Ele e Zé Roberto são exemplos de profissionais. Não que eu não seja, mas minha situação física é mais difícil. Nem quero chegar lá”, afirmou o jogador, comentando sua difícil situação física devido a lesões.

Pode-se dizer com certeza que Maicon cumpriu sua missão no Grêmio. Capitão da equipe, ele tem atuado menos do que antes devido aos problemas físicos. O atleta não participa de todas as partidas e quando começa como titular, normalmente, não termina a partida.

Publicidade

Maicon tem contrato com o Grêmio até 2021 e deve se aposentar até lá. “Jamais vou ficar aqui pra atrapalhar, pra jogar pelo nome. Vou seguir enquanto eu achar que há condições. Se não der, vou sentar e conversar com o presidente”, disse o volante em entrevista coletiva.

Ele ainda afirmou que já é um jogador realizado, que conquistou muitos títulos pelo Grêmio e que vai ser tranquilo quando decidir parar. Quem não vai gostar muito é a torcida, que se acostumou a ver o jogador em campo, defendendo a camisa gremista.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Presidente do Grêmio confessa que irá vender alguns jogadores para equilibrar as contas

7 casamentos que prometem bombar no último capítulo da novela A Dona do Pedaço