in

Presidente do Grêmio confessa que irá vender alguns jogadores para equilibrar as contas

Arte: Infoesporte
Publicidade

Após a sua reeleição, o presidente Romildo Bolzan Júnior vem adotando uma postura de equilíbrio fiscal, agindo de maneira responsável ao gerir os cofres de sua equipe. Conforme já noticiado pelo 1News, há algumas semanas o dirigente disse que, para suprir a carência de reforços para a próxima temporada, a ideia inicial não é se lançar ao mercado, mas profissionalizar alguns garotos da base do clube.

Publicidade

Desta vez, durante entrevista, Romildo Bolzan Júnior revelou a necessidade de uma medida considerada agressiva para controlar as finanças de seu clube. Os planos iniciais eram a disputa de pelo menos uma final, com a Copa do Brasil ou a Libertadores, o que acabou não acontecendo por conta das eliminações. Isso representa menos dinheiro entrando para os cofres do Tricolor Imortal:

Publicidade

”O Grêmio precisa vender, sim, tem necessidade. Finalizamos o nosso 3° trimestre com superávit na execução orçamentária, mas tínhamos o planejamento de jogar uma final, seja da Copa do Brasil ou da Libertadores. Não aconteceu isso e o Grêmio terá problemas de fluxos”, assumiu o dirigente.

Todavia, o presidente não deixou claro de qual setor virá a ser sacrificado para essa ação. Com as Promessas Jean Pyerre, Éverton Cebolinha e Pepê, há a possibilidade de se render aos milionários aliciamentos vindos do futebol europeu.

Publicidade

Nesta terça-feira (5), o 1News apurou que Leonardo, diretor de futebol do PSG, estaria interessado em oficializar uma oferta por Éverton Cebolinha, na casa dos 45 milhões de euros. A informação circula pela imprensa esportiva francesa. Entretanto, o atleta está de contrato renovado com o Grêmio até 2023, com uma multa de rescisão contratual estabelecida em 100 milhões de euros (R$ 445 milhões).

Publicidade

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Sai ou fica? Renovação de Renato Portaluppi com o Grêmio fica para o fim do ano

Maicon surpreende, fala sobre situação difícil e revela quando deixará o Grêmio