in

Bebê com tumor raro renegado pelos médicos acorda após coma e atitude faz os pais chorarem

Emma Labuschagne/Arquivo pessoal
Publicidade

Apesar da pouca idade, a vida do pequeno Michael Labuschagne, de apenas 1 ano e 6 meses, não tem sido nada fácil. O bebê enfrenta um tumor raro junto com os seus pais, e chegou a ficar em coma por sete meses. Entretanto, depois de muito sofrimento por parte da família, o pequenino acabou por acordar, a sua reação viralizou no mundo todo, tamanha emoção registrada no momento. Internado em um hospital infantil de Boston, nos Estados Unidos, Michael deu um belo sorriso ao despertar de seu longo sono. 

Publicidade

A criança nasceu no Reino Unido, e seus pais sempre o viram como um bebê muito saudável. Entretanto, a surpresa desagradável surgiu em pouco tempo. Em março deste ano ele acabou sofrendo uma insuficiência cardíaca, e precisou ser levado às pressas para o hospital, conforme divulgado pelo site de notícias Sky News.

Publicidade

Naquele momento, os pais receberam uma notícia que poderia abalar qualquer pessoa: os médicos sinalizaram a possibilidade da criança nunca mais despertar de seu sono. Ele foi induzido ao coma, justamente para que as chances de vida pudessem ser aumentadas.

Ao passo que os exames clínicos foram sendo realizados, outra condição muito delicada acabou sendo descoberta: o pequeno Michael recebeu o diagnóstico de fibroma cardíaco, uma doença rara, caracterizada pela existência de um tumor ligado ao septo, no interior da câmara esquerda do músculo do coração.

Publicidade

Emma e Stuart Labuschagne, os seus pais, possuem ainda outros três filhos. Ao receberem maiores explicações sobre a doença, o casal descobriu que o diagnóstico é tão raro, que sequer existiam médicos no Reino Unido capazes de realizar a cirurgia, motivando a viagem rumo aos Estados Unidos.

Correndo contra o tempo na tentativa de salvar a vida do pequeno, o casal buscou ajuda na internet, e acabou fazendo contato com outros pais, ao redor do mundo, que também possuem filhos na mesma condição de Michael. Em trocas de informações, descobriram que o hospital infantil em Boston, Massachusetts, vinha realizando o procedimento cirúrgico com uma incrível marca de 100% de sobrevivência dos pacientes nos últimos 10 anos.

Em entrevista ao site de notícias, os pais revelaram que ficaram completamente arrasados quando receberam a dolorosa notícia, e apesar da possibilidade de sobrevivência da criança ter sido renegada por muitas pessoas, eles jamais perderam as esperanças:

“Quando os médicos nos disseram sobre o diagnóstico de Michael, ficamos arrasados, sentimos que estávamos esperando que ele desaparecesse e, quando descobrimos sobre Boston, não acreditávamos realmente. Muitas pessoas eram céticas e pensavam ‘estão segurando uma falsa esperança’”


A felicidade por conta da descoberta do hospital em Boston logo virou um novo pesadelo. A cirurgia é extremamente cara, por conta de sua complexidade. Os pais precisavam juntar a quantia de 115 mil libras esterlinas, cerca de 600 mil reais na cotação atual. Eles recorreram a um site de vaquinha online, chamado GoFundMe, e incrivelmente superaram a meta, conseguindo 45 mil libras a mais do que o necessário.

Não podemos acreditar, estamos surpresos. Estamos muito agradecidos pela gentileza de todos e agora poderemos cobrir qualquer coisa extra para a cirurgia de Michael, como antibióticos ou oxigênio”. Em um ato de extrema humanidade, os pais disseram que o dinheiro restante será doado para famílias que também enfrentam situação semelhante.

O pequeno Michael Labuschagne segue tendo motivos para sorrir. A sua cirurgia está prevista para ocorrer em abril do ano que vem, e por hora está em casa, com a sua família, sob a ajuda de um desfibrilador e um marcapasso.. Os médicos aguardam que o seu coração cresça e fique forte para suportar a cirurgia.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Resumo A Dona do Pedaço, capítulo de sexta-feira (15): Agno encontra a pasta verde

Resumo A Dona do Pedaço, capítulo de sábado (16): Josiane pede perdão para mãe