in

Obra de arte de R$100 milhões é encontrada em casa de idosa

Época Negócios
Publicidade

O mundo é mesmo bastante peculiar e um tanto doido. Coisas acontecem como obra do acaso e deixam as pessoas boquiabertas. Um desses fatos peculiares aconteceu na residência de uma senhora idosa de 90 anos. Ela descobriu que tinha em sua cozinha uma obra milionária.

Publicidade

Idosa não sabia o valor da peça

A idosa francesa tinha estampada na parede de sua cozinha nada mais, nada menos que uma obra do artista Cimabue (1240-1302). Essa é mais uma dessas histórias incríveis do mundo da arte onde uma peça raríssima simplesmente brota em algum lugar do mundo.

Publicidade

A obra trata de um painel de 25 cm pintado entre os anos de 1272 e 1302. Uma raridade singular no mundo das artes plásticas. O pintor Cenni di Pepo, mais conhecido como Cimabue, é um dos precursores do estilo moderno de se pintar, suas obras atualmente tem valor inestimável para a arte em todo o mundo.  

Obra de arte tinha mais de 700 anos

O leilão que aconteceu no último domingo (27 de outubro), rendeu a dona da tela cerca de 42 milhões de euros, em reais esse valor chega a 100 milhões. A senhora que era dona da tela quase jogou a obra no lixo. Pesquisadores especialistas em todo tipo de arte analisaram a tela e conseguiram reconhecer quão preciosa ela era.

Publicidade

Um dos analisadores chegou a dizer que quase não conseguiu arranjar tempo para avaliar a obra. Ele disse que precisou arrumar um furo em sua agenda para conseguir avaliar a peça. O pesquisador chegou a agradecer por não ter ignorado o chamado, pois esse achado tão precioso poderia ter acabado no lixo. 

Publicidade

Leia Também

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.

Bolsonaro pode ficar frente a frente com Bonner e promete não deixar pedra sobre pedra

Em dívida milionária com o Grêmio, Fluminense pode ceder reforços aos Gaúchos para 2020