in

Lembra dela? Ex-chacrete entra pro mundo do crime e acaba presa em flagrante

Reprodução / Globo
Publicidade

Mary de Almeida da Costa Raad, a ex-chacrete Dora Raad, após anos fora da badalação da televisão, mudou de carreira, e vinha utilizando de meios nada ortodoxos para ganhar a vida. A então assistente de palco do apresentador Chacrinha foi presa em flagrante na última quarta-feira (23), por acusações de estelionato. A captura foi feita em uma área nobre de Niterói, município localizado no estado do Rio de Janeiro.

A mulher, que hoje está com 60 anos, estava tentando firmar um contrato de locação imobiliária, usando um nome falso. Em sua ficha criminal constam 14 anotações. Ao jornal Extra, a Polícia Civil informou que a grande maioria é decorrente de manutenção de casas de entretenimento adulto, ramo no qual a ex-chacrete se tornou empresária.

Para a prisão da farsante, a desconfiança de um funcionário da imobiliária foi crucial. Aquela era a terceira vez que Dora Raad entrava no estabelecimento na tentativa de firmar um contrato de locação. O mais curioso é que nas três oportunidades foram usados nomes diferentes. No dia da prisão, a ex-chacrete usava o nome de Joselina Almeida Duarte, contido em documentos falsos.

Publicidade

Diante da desconfiança, o rapaz fez uma ligação para a polícia, e os militares fizeram a prisão em flagrante. Junto com ela, foram encontrados documentos falsos e uma cópia do novo contrato de locação, devidamente assinado.

Publicidade

Dora Raad terá uma bela dor de cabeça daqui pra frente. Além de responder pelo crime de falsidade ideológica, também responderá por tentativa de estelionato. Além destes delitos, sua ficha criminal tem anotações por outros casos de estelionato, falsificação de documento público e quadrilha/bando.

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.