MC Gui poderá sofrer banimento perpétuo devido sua atitude; entenda

Leia também

Luto na música: morre mais um artista por causa do coronavírus

Através das redes sociais, o filho do músico escreveu uma mensagem de despedida.

Vídeos do Equador mostram caos em meio ao coronavírus

Nas redes sociais, pessoas divulgam vídeos feitos em casa pedindo ajuda internacional.

Luto: coronavírus mata grande cantor; ele partiu muito jovem

Músico também ficou conhecido como autor da canção 'That thing you do!'; morte comoveu o mundo.

Lilia Cabral posta foto rara da filha e internautas se surpreendem: ‘achei que era você’

Artista usou as redes sociais para dividir com fãs uma foto da filha Giullia, atriz da Globo.
Rafael
Rafael Ferreira é um escritor apaixonado por jornalismo. Gosta de redigir notícias, levando entretenimento e cultura para seus leitores. Sinta-se a vontade para entrar em contato: rafael_ferreira_@live.com
Publicidade

Recentemente o cantor de funk MC Gui tem dado o que falar na web. Sua atitude, considerados por praticamente todos como lamentável, refletiu na sua carreira e os castigos já chegaram.

Além de perder milhares de seguidores e até mesmo fãs, o cantor ainda poderá sofrer mais um castigo: ser banido para sempre dos parques da Disney. Isso tudo devido ao vídeo gravado pelo cantor, onde ele fazia bullyng com uma menina que possuía câncer. 

Publicidade

Essa ideia está sendo suposta por frequentadores dos famosos parques da Disney, em sua maioria americanos, e vem recebendo grande apoio de pessoas do mundo inteiro que se sensibilizaram com a menina do vídeo. Uma abaixo-assinado já está sendo feito e a exigência de quem está participando é que Mc Gui nunca mais adentre novamente os parques.  

A petição que pede o banimento do cantor é severa. Uma parte dela diz: “Vamos nos unir e tomar uma posição contra esse agressor (Mc Gui), para que possamos mostrar a todos os agressores que eles não são bem-vindos, nem permitidos a intimidar qualquer um de nós ou nossos filhos assim em qualquer parque da Disney”. 

Publicidade

O abaixo-assinado, até o momento, possui assinatura digital de aproximadamente 17 mil pessoas, e esse número vem crescendo cada vez mais. A meta é que alcance a marca de 25 mil assinaturas. 

Após o ocorrido, o caso tomou uma enorme repercussão negativa nas redes sociais. Gui e sua família já se manifestaram com pedidos de desculpas, mas, aparentemente, não foi bem aceitos por grande parte de quem acompanhou o caso. 

Publicidade