in

Maicon desabafa após eliminação do Grêmio na Libertadores; teve palavrão e semblante sério

Lucas Uebel/Grêmio
Publicidade

O meio-campista Maicon, do Grêmio, deu a entrevista mais emblemática da eliminação do Tricolor diante do Flamengo na Copa Libertadores da América. O time gaúcho perdeu por 5 a 0 no Maracanã e deu adeus ao torneio na semifinal.

Publicidade

A classificação do Flamengo poderia até ser esperada por alguns, pelo futebol que o time está jogando, mas ninguém esperava uma vitória com tamanha vantagem.

Publicidade

O primeiro tempo terminou com vitória do Flamengo por 1 a 0. O lance do gol contou com erros individuais de jogadores do Grêmio, inclusive de Maicon.

No segundo tempo, o time de Jorge Jesus passeou e marcou quatro gols: dois do atacante Gabigol, um do zagueiro Pablo Marí e outro do também zagueiro Rodrigo Caio.

Publicidade

Após o jogo, Maicon desabafou na zona mista. Para ele, o resultado não foi um vexame. “Não tem vexame aqui não. Somos pais de família e trabalhadores (…). Futebol no Brasil é o resultado. Se não levar troféu, não serviu de nada. Ser segundo ou ser último lugar é a mesma m…”, afirmou o meio-campista.

Maicon também afirmou que atua como jogador profissional há 15 anos e que essa foi a maior derrota que já sofreu na carreira. “Derrota nunca é normal. 5 a 0 menos ainda. Foi a primeira vez em 15 anos de carreira que eu perdi por 5 a 0. Quem aceita a derrota não pode jogar. As coisas não ocorreram da maneira que a gente queria. Temos que levantar a cabeça”, disse o atleta.

Agora, resta ao Grêmio tentar vaga na Libertadores do ano que vem pelo Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h, o Tricolor recebe o Botafogo, na Arena do Grêmio, e tenta conquistar pontos para subir na tabela.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.