in

Relembre as 8 melhores novelas mexicanas exibidas pelo SBT

Televisa/SBT

Quem ama um dramalhão mexicano, sabe que o SBT é o lugar certo para ver suas tramas favoritas. Embora a emissora sempre escolha tramas clássicas de amor, fugindo de novelas mais polêmicas, o fato é que algumas delas sempre se destacam das demais.

Algumas dessas novelas mexicanas exibidas no Brasil, foram reprisadas várias vezes e até ganharam remake, seja no próprio SBT, ou em outra emissora.

Publicidade

Abaixo segue uma lista com as melhores novelas mexicanas exibidas pelo SBT.

A Usurpadora

Talvez essa seja a novela mexicana mais conhecida, tanto do público apaixonado por um dramalhão, quanto de quem raramente assiste novelas. A trama conta a história de duas irmãs gêmeas que trocam de lugar. Enquanto Paola quer se divertir, Paulina ocupa o lugar da irmã para não ser presa por um crime que não cometeu.

Publicidade

A novela foi protagonizada por Gaby Spanic e já ocupou a grade de programação do SBT sete vezes.

Cúmplices de um Resgate

Mais uma história que conta a vida de duas irmãs gêmeas separadas ao nascer, onde uma é má e a outra é boa, bem como uma cresceu com uma família rica e a outra cresceu com a mãe em meio a pobreza. A novela foi exibida de janeiro a julho de 2002. A princípio, a trama terminaria em maio, mesmo mês que o contrato de Belinda, a protagonista, se encerrava.

Devido ao sucesso da novela, os produtores esticaram a história em quase dois meses, mas como a adolescente tinha compromissos com a escola e com outros trabalhos artísticos, Daniela Luján foi chamada para substituí-la. Em 2015 o SBT exibiu um remake da história por quase um ano e meio e que contou com Larissa Manoela como protagonista.

A Feia Mais Bela

Um dos clássicos da dramaturgia mundial, A Feia Mais Bela é uma das muitas versões de Betty, a Feia. Foi exibida em 2002 e em 2014 ganhou uma reprise. A trama mostra a história de uma moça muito inteligente, porém meio desajeitada e pouco bonita, sendo motivo de chacota entre muitas pessoas. Em uma nova fase da trama, Bela se transforma, fica linda e se casa com o patrão, deixando muita gente de queixo caído. Essa mesma novela foi reproduzida pela Record TV em 2009, e contou com Giselle Itié como a protagonista.

Rebelde

Assim como Cúmplices de um Resgate, Rebelde ganhou versões em diferentes países, como França, Chile e até no Brasil. É uma trama adolescente que mostra o dia a dia de alguns alunos de um colégio interno que só saem aos finais de semana para ficar com os pais, com exceção de alguns, que nem saem nesses dias. Na novela, alguns dos personagens montam uma banda e ela acaba saindo pelo mundo fazendo shows na vida real, sendo o RBD um grande fenômeno musical. Rebelde foi exibida de 2004 a 2006.

No Brasil a Record TV obteve o direito de fazer um remake de 2011 a 2012. A banda formada ganhou o nome de RBR e fez bastante sucesso, sendo formada por Lua Blanco, Sophia Abrahão, Micael Borges, Chay Suede, Arthur Aguiar e Mel Fronckowiak.

Maria do Bairro

Uma das três Marias de Thalia, a trama conta a história de uma moça pobre e sua ascensão em meio a muita humilhação. Foi exibida sete vezes no Brasil entre os anos de 1997 e 2015. Após o sucesso da trama, Thalia fez apenas mais uma novela e encerrou sua carreira na teledramaturgia, dedicando-se somente a música até os dias atuais.

Os Ricos Também Choram

A trama mostra uma moça humilde e sem modos que vai viver na cidade após a morte do pai, e um senhor milionário se dedica a torná-la uma mulher culta e elegante. Foi exibida no Brasil em 1982, sendo a primeira trama mexicana da emissora de Silvio Santos. Em 2005, Os Ricos Também Choram foi reproduzida pelo SBT com Thaís Fersoza como protagonista.

Rubi

Uma das novelas mexicanas mais aclamadas pelos brasileiros, Rubi conta a história de uma mulher ambiciosa disposta a tudo para sair da pobreza e ter uma vida de luxos e poder. Se trata de um remake atualizado de um filme e novela de mesmo nome produzidos décadas antes. Ganhou seis exibições no Brasil. Esta também foi a última novela de Bárbara Mori, a protagonista, que abandonou a teledramaturgia para se dedicar a produção de filmes, peças e séries, além de participar de produções de terceiros.

O Privilégio de Amar

Exibida pela primeira vez no final dos anos 90, a trama conta a história de uma moça pobre que sonha em ser modelo e acaba indo trabalhar na agência de sua mãe biológica sem saber. Luciana, sua mãe, engravidou do padre João da Cruz, que na época ainda não tinha sido ordenado. Contou com René Strickler e Adela Noriega como protagonistas, sendo que Adela abandonou a carreira alguns anos após essa trama.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades

Caso Estela: mãe da menina morta pelo tio recebe ameaça de traficantes e deixa o RJ

Resumo A Dona do Pedaço: confira tudo que acontece na segunda (21/10)