in

Assassinato de Mariana tem laudo exposto e detalhes são pra quem tem estômago forte

G1

O caso da jovem Mariana Bazza, de 19 anos de idade, continua sendo um assunto bastante comentado no Brasil. Recentemente, um laudo divulgado pela polícia trouxe novas detalhes do assassinato e revela o sofrimento que a vítima passou diante do criminoso que a matou.

Nesta semana, o Ministério Público enviou o documento contendo os altos da denúncia para a Justiça avaliar o caso. Até onde a polícia sabe, o assassino de Mariana foi Rodrigo Pereira Alves, que tem 37 anos de idade. Ele havia se oferecido para trocar o pneu da estudante, que a polícia acredita ser sido furado propositalmente pelo acusado.

Publicidade

O laudo médico revelado mostra detalhes assustadores a respeito do crime que abalou a população da cidade de Bariri. Segundo o documento, Mariana foi abusada e ameaçada com uma faca, a qual foi encontrada dentro do carro dela. Ainda de acordo com o documento, a universitária foi amordaçada pelo criminoso com sua própria blusa e depois asfixiada com a mesma.

Rodrigo Pereira Alves, que já havia sido preso por outros crimes e estava há pouco tempo em liberdade, também roubou o veículo que a vitima dirigia e levou alguns de seus pertences que estavam no carro, além de um valor de R$ 110,00 em dinheiro. 

Publicidade

Agora, o acusado será julgado pelos crimes latrocínio, estupro e ocultação de cadáver. Não foi divulgada ainda a data de divulgação da sentença de Rodrigo, que está aguardando julgamento sob a guarda da polícia de São Paulo. Ele foi encontrado pouco tempo depois do crime, no telhado de uma casa.

Publicidade

Leia Também

Miss infantil: Silvio Santos pode ter problemas com a Justiça

Vídeo Bom Sucesso: Silvana é desmascarada e farsa da cegueira chega ao fim