in

Jornal Nacional terá apresentador gay, após 50 anos; ele namora policial do Bope

Matheus Ribeiro / Instagram

Os tempos são outros e a televisão está cada vez mais diversa. Prova disso é que o principal telejornal do país, o Jornal Nacional, terá o primeiro apresentador abertamente gay, após 50 anos de existências. Matheus Ribeiro está escalado para o rodízio de apresentadores do noticioso, em comemoração ao cinquentenário do programa. 

Faltando dias para ele assumir a principal bancada do país, Matheus Ribeiro, que já vinha sendo alvo de especulações em relação à sua sexualidade, decidiu publicar uma foto em que enfim se declara para o namorado. O felizardo é o policial militar Yuri Piazzarollo, que trabalha para o Bope, o Batalhão de Operações Policiais especiais. 

Publicidade

Matheus Ribeiro é querido do público e os fãs estavam tentando tirá-lo do armário. O jornalista chegou a declarar que não necessitava expor-se pessoalmente para defender a classe LGBT. No entanto, após muitos pedidos, ele fez um post ao lado do seu atual amor, que pode ser visto abaixo. 

A maior parte dos fãs, que já suspeitava sobre a orientação sexual do jornalista, aprovou o anúncio e desejou felicidades ao casal. Alguns, no entanto, publicaram mensagens ofensivas e homofóbicas. Matheus, através do seu stories rebateu as ofensas e lembrou que o STF, nesse ano, decidiu transformar a homofobia em crime, análogo ao crime de racismo. 

Publicidade

Veja abaixo a foto dos dois rapazes, lado a lado; ambos são bem bonitos:

De acordo com informações do  site Notícias da TV, que fez uma reportagem sobre o anúncio do apresentador, Matheus não teria consultado a Globo sobre a sua decisão. Isso aconteceu porque ele entendeu que o canal aceita seus profissionais conforme realmente são. 

Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

O Brasil ora por Fernando Zor, da dupla Fernando e Sorocaba

Mãe passa 5 dias com corpo de sua filha que morreu; ela tinha apenas seis anos