in

Ibope divulga ranking digital dos clubes brasileiros; Flamengo é lider com 24 milhões

Divulgação/Coluna do Fla

Nesta segunda-feira, os torcedores brasileiros tiveram acesso ao novo levantamento feito pelo Ibope/Repucom, que elaborou a lista do ranking digital das equipes do país, com base na influência exercida nas mídias digitais entre os internautas.

De acordo com os dados, é notório o crescimento que sofreram os times do Flamengo, atual líder do Campeonato Brasileiro, do Internacional e do Athlético-PR, finalistas da Copa do Brasil. Com isso, é possível ver a influência que ambas as competições exercem.

Publicidade

Dentre os clubes que mais cresceram no último mês, o Furacão foi o que teve o maior índice, com 14%, após a conquista da Copa do Brasil. Pela primeira vez, os dois clubes (Internacional e Athlético-PR) apareceram na lista do top 5 dos clubes que mais cresceram no ranking digital.

No comparativo geral de todo o ano de 2019, o Flamengo segue líder isolado. O clube é o único a atingir a marca de 24 milhões de seguidores, no somatório de todas as suas mídias sociais. O top 5 é seguido por Corinthians (22 milhões), São Paulo (14 milhões), Palmeiras (10 milhões) e Santos (8 milhões). Ou seja, com exceção do Rubro-Negro, que é carioca, as 5 primeiras colocações são ocupadas por times do estado de São Paulo.

Publicidade

A liderança do Flamengo não é apenas fora de campo, mas também dentro dele. Após a vitória contra a Chapecoense na Arena Condá neste domingo, e com o empate entre Palmeiras e Atlético-MG na Arena Palmeiras, o Rubro-Negro se isolou com 5 pontos de vantagem na liderança. O próximo duelo do time comandado por Jorge Jesus é na quinta-feira (10), diante do mesmo Atlético, no estádio do Maracanã.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Vídeo: Cristiano Ronaldo é flagrado beijando outro homem e imagens viralizam

Angélica poderá abandonar a TV por causa de Luciano: ‘sua carreira não será impedimento’