Homem afirma que virou gay após usar aplicativo do iPhone

Leia também

Você vai se emocionar com a reação deste cão vendo sua casa incendiada

Em 2018, na Califórnia, EUA, um incêndio destruiu cerca de 14 mil casas. Um cão sobrevivente voltou ao local e sua reação foi extremamente comovente.

Existe uma oração milagrosa para acabar com a insônia; conheça agora

Essa antiga reza do Frei Ignacio Larrañaga ajuda a livrar-se das preocupações para poder dormir tranquilo e renovar a energia para o dia seguinte.

Combata o mau hálito com as dicas de uma especialista

Essa dentista da Associação Americana de Odontologia tem uma dica simples, barata e eficiente para acabar com o mau hálito.

Este homem perdeu um filho de 3 anos e tem alguns conselhos pra você

Não existe dor maior do que pais que perderam seus filhos, e esse pai aprendeu uma grande lição.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

O celular faz parte do dia a dia de milhões de pessoas no mundo todo, estes pequenos aparelhos revolucionaram a forma de comunicação e também de relacionamento. As pessoas usam o smartphone para encontrar emprego, pesquisar endereços, fazer compras, marcar consultas médicas e até mesmo buscar por um novo amor.

Mas um caso em especial vem chamando a atenção, pois um russo decidiu processar a Apple por danos morais alegando que ele se transformou em um homossexual depois que começou a usar um aplicativo do iPhone.

Publicidade
Publicidade

Na ação o autor pede uma indenização de cerca de R$ 61 mil por danos morais e também psicológicos. Ele informou que recebeu uma criptomoeda conhecida por GayCoin através de um aplicativo instalado no iPhone ao invés dos bitcoins que alega ter comprado.

Publicidade

O advogado do russo explicou que seu cliente acessou a Apple Store e fez o download de um aplicativo disponível na loja virtual e depois disso se deparou com uma transferência no valor de 69 GayCoins. Junto com a moeda virtual ainda veio uma mensagem dizendo o seguinte: “Não julgue antes de testar”.

Publicidade

Segundo o russo, ele aceitou testar as relações e em pouco mais de um mês começou a se encontrar com uma pessoa do mesmo sexo. Os dois ficaram juntos, tiveram relação e agora o russo alega que gostou e não consegue mais voltar atrás.

“Tenho um namorado estável e não sei como explicar isso a meus pais. Minha vida mudou para pior e nunca mais voltará a ser normal. A Apple me empurrou para a homossexualidade”, reclamou o russo que agora não sabe o que fazer.