in

‘Problemático e maltratava professores’, revelam pais do garoto que matou Raíssa

G1
Publicidade

Os pais do garoto que assassinou a garota Raíssa prestaram depoimento para o delegado Maturano, que está cuidando do caso e tentando descobrir mais pistas. Segundo o que a Polícia divulgou, o garoto deu dois depoimentos, um com os pais e outro sem.

Quando estava sozinho, o garoto teria assumido que matou Raíssa de maneira cruel e por vontade própria. Já ao lado da mãe, o jovem contou que foi forçado a cometer o crime por um homem tatuado e de bicicleta.

A Polícia não descarta a possibilidade de ter outro envolvido no crime, e investiga se havia possibilidade de pessoas terem interesse na morte de Raíssa.

Publicidade

Depoimento dos pais

Os pais do garoto que matou Raíssa não aliviaram e relataram, no depoimento, que “o garoto era problemático e maltratava professores”. “Os pais disseram que é um menino problemático, com vários relatos de malcriações com professores“, afirmou o delegado ao contar o que os pais do garoto disseram.

Publicidade

Fundação Casa

O jovem foi encaminhado para Fundação Casa e cumpre pena provisória de 45 dias até que o inquérito seja resolvido de uma vez por todas. A Polícia já trata o garoto como o assassino de Raíssa, e apenas analisa a possibilidade de ter mais envolvidos neste crime.

Segundo o relatado pelos pais, o garoto também dava muito trabalho em casa. Por conta disso, Maturano espera ter um laudo psicológico do garoto para analisar se o mesmo aponta ter algum problema mental.

Segundo o delegado, o jovem, ao assumir o assassinato, não demonstrou tristeza e sempre foi ‘frio’ em suas respostas.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com