in

Caso Mariana toma rumo inesperado e família de suposto assassino está aterrorizada

Instagram/ Montagem: Aurilane
Publicidade

O caso Mariana está sendo um dos assuntos mais comentados dos últimos dias. A jovem, que tinha apenas 19 anos, foi morta cruelmente após sair de uma academia e receber ajuda de um estranho, que a conduziu para um chácara, na cidade de Bariri, São Paulo. Ela havia desaparecido na última terça-feira (24/09) e só foi encontrada no dia seguinte, em um matagal

Publicidade

O suspeito do crime é Rodrigo Pereira Alves, que esteve com Mariana Bazza pouco antes de seu desaparecimento. Ele foi detido após sua foto ser enviada para o celular do namorado da vítima e alega que não foi o culpado pela morte da universitária, justificando que outra pessoa estaria envolvida no crime.

Publicidade

Agora, a família de Rodriguinho, como é chamado pelos mais próximos, revelou que estaria sofrendo ameaças frequentemente por causa do suposto envolvimento do homem na morte de Mariana, que fazia faculdade de fisioterapia.

Uma pessoa que é próxima aos parentes de Rodrigo fez revelações sobre a atual situação: “Todo mundo ficou horrorizado com o que aconteceu, mas eles são gente de bem, trabalhadores e não merecem ser punidos por um crime que tudo aponta como sendo ele o autor“.

Publicidade

Ainda de acordo com a fonte, que não teve o nome revelado, os principais alvos das ameaças são a mãe e a irmã de Rodrigo, que agora temem por sua vida. Ao saber da situação, a polícia militar reforçou a ronda na região onde a família do detento mora e muitas vezes tem ficado estacionada no local para manter a segurança das mulheres.

Publicidade

Leia Também

Filha de Flávia Alessandra mostra semelhança com a mãe, aos 19 anos

Maria da Paz é enganada por amigos e não descobre grande segredo em A Dona do Pedaço