Provocado por Jorge Jesus, Fernando Diniz detona português após Flamengo e São Paulo

Leia também

Hospital se confunde, troca corpos e mulher é enterrada no lugar de homem com coronavírus

Os familiares sofreram duas vezes, sendo uma por causa da morte e outra pela troca dos corpos.

A Fazenda 12: Jojo Todynho e famoso ator já fecharam com a RecordTV para o reality rural

A RecordTV vem estudando uma forma de realizar a 12ª edição de seu reality com segurança.

Em vídeo de animação, Jair Bolsonaro morre após tomar chá de cloroquina dado por Lady Gaga

O vídeo caiu no gosto dos internautas e já foi visto por milhares de pessoas, se tornado um sucesso na web.

5 dicas para manter a casa segura e evitar acidentes domésticos e incêndios na pandemia

Aprenda algumas dicas simples que vão ajudar a manter a residência mais segura.
Henrique
Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.
Publicidade

Flamengo e São Paulo foi a partida mais aguardada desta 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de toda a expectativa, e de um Maracanã totalmente lotado, a chuva que caiu sobre o Rio de Janeiro acabou por esfriar o duelo entre as duas equipes, fazendo com que a partida terminasse em um empate sem sal por 0 a 0.

Apesar da falta de gols, o clima dentro de campo foi tenso, com muitas oportunidades de gols, discussões e faltas. Esta foi a primeira partida de Fernando Diniz sob o comando do São Paulo, e o treinador demonstrou empolgação por conseguir parar o melhor ataque do Brasil, embalado em uma série histórica de oito vitórias seguidas.

Publicidade
Publicidade

Depois do jogo, durante coletiva de imprensa de Jorge Jesus, o técnico português criticou a postura do rival são-paulino. De acordo com ele, os atletas do Tricolor Paulista praticaram uma conduta antijogo, além de destacar conivência por parte do árbitro Rafael Traci em meio à situação.

Publicidade

Ciente das declarações do técnico rival, Fernando Diniz retrucou. O técnico do São Paulo disse entender que não houve nenhuma conduta antidesportiva pelos seus atletas, e citou ainda o número equilibrado de faltas cometidas pelos dois times:

Publicidade

– “Não concordo. Pelos números, o Flamengo só fez cinco faltas a menos. Então, fez bastante falta no jogo. Inclusive, teve um pisão do Gabigol que o árbitro podia ter chamado e expulsar, como já expulsaram outras vezes. Opinião, é isso: cada um tem a sua”, respondeu para os jornalistas.

O Flamengo, mesmo com o empate, segue na ponta da classificação do Campeonato Brasileiro. Ainda que o Palmeiras vença a equipe do Internacional neste domingo, às 16h (de Brasília) no Beira-Rio, o time comandado por Jorge Jesus segue na primeira colocação. Já o São Paulo de Fernando Diniz, embora tenha dormido na quinta posição, caiu para sexto após a vitória do Corinthians sobre o Vasco neste domingo, e ainda precisa aguardar os jogos de Grêmio e Bahia, que podem ultrapassá-lo.