Flamengo goleia o Greminho por 56 a 0 e bate recorde histórico no futebol brasileiro

Leia também

Caixão Cov é lançado para sepultar exclusivamente as vítimas do novo coronavírus

É preciso tomar cuidados especiais na hora de sepultar as vitimais fatais da Covid-19.

Hospital se confunde, troca corpos e mulher é enterrada no lugar de homem com coronavírus

Os familiares sofreram duas vezes, sendo uma por causa da morte e outra pela troca dos corpos.

A Fazenda 12: Jojo Todynho e famoso ator já fecharam com a RecordTV para o reality rural

A RecordTV vem estudando uma forma de realizar a 12ª edição de seu reality com segurança.

Em vídeo de animação, Jair Bolsonaro morre após tomar chá de cloroquina dado por Lady Gaga

O vídeo caiu no gosto dos internautas e já foi visto por milhares de pessoas, se tornado um sucesso na web.
Henrique
Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.
Publicidade

A equipe do Flamengo/Marinha bateu um recorde impressionante do futebol brasileiro na manhã deste sábado (28), pela categoria feminina. No Cefan, da Penha, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro, a equipe Rubro-Negra goleou o Greminho, de Cosmos, por incríveis 56 a 0.

A partida foi disputada pela terceira rodada do Campeonato Carioca. Ao intervalo do jogo, o placar marcava inacreditáveis 29 a 0. Antes dos primeiros dez minutos de partida, o marcador já sinalizava uma vantagem por 6 a 0.

Publicidade
Publicidade

O placar, que chega a ser bizarro, mostra a enorme distância entre as equipes que disputam o Campeonato Carioca feminino desta temporada. A competição conta com 30 clubes, e a diferença de nível técnico e estrutural é gritante, sobretudo diante da comparação entre os mais fortes e os mais fracos.

Publicidade

O Flamengo, dentre as equipes que disputam a competição regional, é o único que está na elite do futebol nacional, a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O time é o atual tetracampeão da competição, e dentro de campo não está tendo nenhuma resistência para abater, com requintes de crueldade, os seus adversários no campeonato deste ano.

A marca é histórica. Até então, o maior placar já verificado no futebol feminino brasileiro foi um 34 a 0, que aconteceu duas vezes: em março de 2013, foi o resultado da vitória da Acadêmica Vitória sobre a Polícia Militar, em partida válida pelo Campeonato Pernambucano. Já em abril de 2016, o América-MG goleou o Santa Maria, pelo mesmo placar, diante da Copa Belo Horizonte.

Filiado à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), o Greminho não joga competições profissionais no futebol masculino: atua no Campeonato Amador da Capital e jamais se profissionalizou.