in

Mulher diz que tem alergia a wi-fi e conta drama que está vivendo por causa disso

The Sun

Atualmente, a criação do sinal de wi-fi tem sido uma das maiores invenções tecnológicas, facilitando, e muito, a comunicação entre os seres humanos. Com esse mecanismo, é possível ter internet em vários lugares, podendo até mesmo compartilhar o sinal com outras pessoas.

Mas em meio a tantas pessoas que são totalmente agradecidas ao criador do wi-fi, existem aquelas que preferiam que ele nem existisse, como é o caso da mulher que você verá mais adiante.

Publicidade

Rosi Gladwell é uma mulher de 70 anos de idade que mora na cidade de Totnes, que fica localizada no estado de Devon, no Reino Unido. Ela tem ficado conhecida mundialmente por causa de sua suposta alergia.

Rosi conta que é alérgica ao sinal do wi-fi, que emite radiação eletromagnética, e que ele é capaz de lhe causar sintomas como falta de ar e fragilidade corporal. Ela conta ainda que tem sorte por morar em uma casa no campo, pois assim estará protegida da radiação. A mulher conta ainda que está com medo por causa da chegada do sinal 5G ao seu país, já que ela acha que pode até morrer por causa disso.

Publicidade

Em entrevista, a idosa conta sobre o drama de sua vida: “Se eu ficar exposto por muito tempo, tenho que voltar para casa e passar dois dias com tudo desligado e não assistir TV. Se vou a um café, tento sentar do lado de fora e, quando saímos para jantar, levo meu medidor e posso decidir quais assentos têm menos radiação e me sentar lá“.

Até o momento, não há outros registros de pessoas que tenham o mesmo problema que Rosi afirma ter. Seu caso tem circulado no mundo inteiro e deixa muita gente sem acreditar.

Publicidade

Leia Também

Estes são os signos que irão ser infiéis novamente

Veja o que os jogadores do Santos falaram sobre o título após empate com o Flu