in

Fraude no The Best? Jogador da Nicarágua desmente voto em Messi

Foto (Matthew Ashton - AMA/Getty Images).

Após receber o prêmio de melhor jogador do mundo pela sexta vez, na cerimônia que reuniu os 10 melhores jogadores em atividade o planeta. A cerimônia da última segunda-feira (23) realizada pela Fifa na cidade de Milão na Itália.

Na ocasião, o Fifa The Best reuniu votos de jornalistas, comentaristas esportivos, jogadores e técnicos de futebol e torcedores em geral. Entretanto, após ter declarado o seu voto, um dos boleiros que acompanhou o evento acabou desmentindo a informação de que ter votado em Lionel Messi.

Publicidade

De acordo com a sua declaração o jogador Juan Barrera atual capitão da seleção da Nicarágua postou em sua conta no Twitter o seguinte comentário: ” Não votei no The Best, qualquer informação sobre o meu voto é falsa”.

Atualmente Barrera joga no Boyaca Chicó da Colômbia, a declaração do jogador foi compartilhada pelas redes sociais por torcedores do time. Entretanto, segundo informações da própria Fifa comprova que o atleta declarou o seu voto em Messi.

Publicidade

Em entrevista para o jornal La Prensa, Juan disse que votou em Messi em 2018. e disse não entender porque motivo o seu voto foi computado em 2019. O atleta também cita que não recebeu nenhuma notificação da Fifa em relação a sua votação.

Ainda de acordo com Barrera, esta não seria a primeira vez que ele percebe suposta fraude na votação do The Best. Ele também relembrou o ano de 2013, quando o jogador Gpran Pandev, da Macedônia o qual declarou seu voto em José Mourinho para melhor treinador do mundo. Na ocasião, a informação acabou sendo desmentida pela Fifa e confirmou o voto de Pandev para Vicente Del Bosque que acabou faturando o prêmio daquela edição.

Publicidade

Leia Também

Renato Gaúcho bate martelo e Grêmio faz proposta para ídolo tricolor

Inúmeras crianças são lesadas com tiros, dentro de escola na Rocinha