in

Peres critica saída de Bambu para o Athletico-PR

Imagem Reprodução Fox Sports
Publicidade

O presidente do Santos, José Carlos Peres disse estar incomodado com a saída do zagueiro Robson Bambu para o Athetico-PR. Segundo informações, Bambu foi promovido ao time titular no ano passado pelo ex- técnico Cuca.

Na época em que atuava pela equipe santista o zagueiro matinha de forma discreta um pré-contrato com o time paranaense, entretanto o atleta evitou comunicar a diretoria do Santos sobre o episódio.

Após o fim de contrato com o Santos, Bambu se transferiu para o Furacão. Em nota, Peres disse que toda a vez que a diretoria procurava o jogador para renovar seu vínculo, o mesmo acabava adiando a renovação.

Publicidade

A diretoria alvinegra garante que entrou com uma representação indenizatória na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), da CBF e aguarda a desenrolar do processo. O Santos alega ter o direito de ter um segundo contrato com o jogador e segue aguardando a decisão por parte de membros da entidade e pretende cobrar do Athetico -PR a dívida de R$ 40 milhões pela formação do atleta.

Publicidade

Ainda de acordo com as informações, o Peixe alega que o contrato assinado entre Bambu com o time paranaense não é válido, pois o vínculo foi assinado anteriormente aos seis meses (prazo permitido para a assinatura do pré-contrato).

Segundo a diretoria santista, o jogador e seu empresário usaram a imagem do Peixe para envolver o jogador em outro patamar. Um fato que chama a atenção é que o ex-gerente jurídico do Santos Rodrigo Gama Monteiro, responsável por entrar com a representação na CBF, hoje trabalha no departamento de futebol do Athletico.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade