in

Incêndio em maternidade causa morte de 8 recém-nascidos

Reprodução / Twitter @radioalgerie_ar - 24.9.2019
Publicidade

Uma maternidade localizada na cidade de El Oued, na Argélia, acabou sofrendo com uma das maiores tragédias do ano de 2019. Um suposto curto-circuito, causado por um aparelho de anti-mosquitos, ocasionou um incêndio em que muitas pessoas foram resgatas, mas oito recém-nascidos não resistiram.

Ao todo, 76 pessoas se safaram do incêndio, sendo elas 37 mulheres, 28 funcionários e 11 recém-nascidos que saíram com vida.

Mortes

Mesmo conseguindo tirar mais 8 recém-nascidos do local, as mortes foram inevitáveis. Segundo a perícia da polícia local, os bebês morreram por causa de asfixia e graus de queimaduras avançados.

Publicidade

Ministro da Saúde

A informação de que o incêndio teria sido causado por um curto-circuito foi dada pelo ministro da Saúde da Argélia, Mohammed Miraoui. O político afirmou que a tragédia começou por volta das 4h da manhã, o que equivale à 0h no horário de Brasília.

Publicidade
Publicidade

O representante do governo, no entanto, pede uma investigação urgente sobre o ocorrido, isso porque ainda não há um laudo definitivo sobre o que aconteceu no local.

Tragédias em 2019

Neste ano, muitas tragédias vem acontecendo, o que acaba preocupando parte da população. Vale ressaltar que, no Brasil, um incêndio paralisou o mundo no começo do ano. Trata-se da tragédia no Ninho do Urubu.

Na época, jovens jogadores de futebol e possíveis futuros profissionais morreram por conta de um incêndio causado por um ar-condicionado. Até hoje investiga-se a causa do incêndio que matou alguns garotos da base do Clube de Regatas Flamengo.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com