in

Luto no mundo da música: cantora morre após perder a batalha contra um câncer

Divulgação: Pinterest
Publicidade

O mundo da música está de luto. Morreu a famosa cantora María Rivas, reconhecida por músicas como El manduco. Ela morreu após uma longa batalha contra um câncer na noite de quinta-feira, em Miami. Rivas tinha 59 anos.

Publicidade

De acordo com a imprensa local, Rivas iniciou sua carreira artística no ano de 1983 e gravou álbuns em inglês, espanhol, português e italiano. Ela foi descoberta pelo músico por Gerry Weil, especializado em jazz. Rivas seguiu os mesmos traços de Gerry e se tornou uma grande artista de jazz. 

Publicidade

Em 2018, ela foi indicada ao Latin Grammy na categoria Traditional Tropical Album por seu álbum Motives. A produção foi uma homenagem a Aldemaro Romero e Italo Pizzolante. 

No mesmo ano de sua indicação, em entrevista para o site El Nacional, ela descreveu como era difícil enfrentar o câncer, do qual se recuperara. “A Virgem mudou minha vida e o Senhor me salvou. Graças a isso, aprendi a rezar o rosário e, por esse motivo, me sinto muito identificado com a música ‘Rosario’, de Juan Vicente Torrealba. Este álbum é abençoado”, disse a cantora.

Publicidade

Durante a entrevista, a cantora disse que estava com a saúde debilitada. “Estou muito empolgado porque, além disso, é um álbum que eu chamo post mortem, porque o fiz em um momento importante da minha vida em que estava com a saúde debilitada“, relatou a artista.  

A artista gravou 11 álbuns solo e também fez vários shows ao vivo na Alemanha, Áustria, Brasil, Colômbia, Estados Unidos, França, Itália, Holanda, Panamá, Portugal, Japão, Porto Rico, República Dominicana e Suíça. Nas redes sociais, amigos e familiares da cantora lamentaram sua morte.  

Publicidade

Leia Também

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional, e nas horas vagas escrevo para o site 1News.

Paloma é inocentada, não aceita voltar à mansão e Alberto sofre reação inesperada

Bomba na Globo! Filho de Betty Faria é alvo da polícia civil, acusado de crime grave