in

Filho de Edir Macedo humilha humilde funcionária dizendo que ela é ‘baiana’ e tem HIV

Fotomontagem: Fórum / Record/Fernando B.
Publicidade

Uma polêmica envolvendo a Record TV, Edir Macedo e o seu filho, Moysés Macedo, tomou conta da imprensa nesta quarta-feira, 18 de setembro. Tudo porque a justiça condenou o herdeiro da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Ele foi acusado e condenado por humilhar uma funcionária da Record TV, a emissora de televisão do pai. 

Publicidade

O jovem foi condenado a desembolsar uma quantia de quarenta mil reais após destratar a mulher, que não teve o nome identificado. A informação ganhou destaque pelo site da Revista Fórum. A profissional trabalhava, na época da ofensa, como massagista da emissora de Edir Macedo. 

Publicidade

Filho de dono da Record é condenado 

Moysés, que além de filho do dono, trabalha como cantor de música evangélica, fez publicações em uma rede social bastante ofensivas. No Twitter do herdeiro de Macedo, ele teria chamado a profissional de “p*** baiana”, além de ter dito que esteja com nojo dela.

As ofensas continuaram. “Gorda falei p ela sair de mim e disse ‘boa sorte na sua carreira’”, “não recomendo que ninguém faça massagem na record e se for fazer cuidado com (nome)” e “ela tem aids”, teria escrito o cantor em sua rede social, conforme a matéria da Revista Fórum. 

Publicidade

O juiz do caso, ao dar a sentença contra Moysés, considerou que o filho do dono da Record aproveitou-se de ser superior na hierarquia da empresa. O juiz diz ainda que, além dos comentários públicos, o cantor teria feito o mesmo pessoalmente.

Ele ainda considerou a atitude do cantor de ‘abjeta” e o condenou por humilhar a mulher. A Record não comentou o caso. 

Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

A Fazenda 11: Andréa Nóbrega tem contas bloqueadas e segue confinada

Premonição ruim sobre Joana deixa Maria da Paz aterrorizada, em A Dona do Pedaço