in

Caso Aline: polícia tem novas imagens que podem esclarecer o crime e 15 pessoas são ouvidas

Arquivo pessoal Aline
Publicidade

A morte da jovem Aline Dantas, de 19 anos, em Alumínio, interior de São Paulo, segue sem conclusão. A polícia investiga o caso e pode chegar ao assassino nos próximos dias.

Aline Dantas desapareceu no dia 8 de setembro e o corpo foi encontrado três dias depois em uma região de mata de Alumínio, cidade vizinha a Sorocaba. Ela saiu de casa para comprar fraldas para a filha pequena e não retornou mais.

Neste domingo (15), centenas de pessoas foram às ruas na cidade do interior protestar contra a morte de Aline e pedir justiça. Os moradores querem que o autor do assassinato seja preso. Enquanto isso não acontece, todo mundo convive com o medo.

Publicidade

A delegada Luciane Bachir, que cuida do caso na Delegacia de Investigações Gerais de Sorocaba, informou que 15 pessoas já foram ouvidas até a manhã desta segunda-feira. O número pode aumentar nos próximos dias. O teor dos depoimentos não foi revelado.

Publicidade

Ainda segundo a delegada, a polícia recebeu novas imagens de câmeras de segurança de locais por onde Aline teria passado. As únicas imagens disponíveis até o momento mostravam a jovem na farmácia onde foi comprar a fralda para a filha de 1 ano e 10 meses e, depois, em uma rua.

As novas imagens podem ajudar a polícia a chegar ao autor do crime. Paralelo a toda comoção pela morte de Aline, familiares e amigos se juntam para arrecadar fraldas e leite para a filha da jovem. Além disso, está sendo arrecadado ajuda para a mãe de Aline. Ela trabalha como diarista e não retornou ao serviço desde a morte trágica da filha.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br