in

Caso Aline: polícia diz se há suspeitos do crime e dá detalhes da investigação

Arquivo pessoal Aline / Polícia Civil
Publicidade

A morte de Aline Dantas continua repercutindo e todo mundo quer saber quem foi o autor do assassinato da jovem de 19 anos.  Ela saiu de sua casa, em Alumínio, cidade do interior de São Paulo, na tarde de domingo (8), para comprar fraldas para a filha pequena e não voltou para a casa.

Ela usaria o cartão corporativo do marido para fazer as compras, mas não conseguiu. João Vitor de Almeida havia sido demitido da empresa onde trabalhava e o cartão estava bloqueado. Na volta para casa, Aline desapareceu. Imagens de câmeras de segurança mostraram ela na farmácia e, depois, voltando para casa.

O corpo foi encontrado na quarta-feira (11) e agora a polícia está à procura do autor do crime. A primeira informação sobre isso é que qualquer suspeita sobre o marido foi descartada pelos investigadores.

Publicidade

Cães farejadores não identificaram odor de João Vitor na cena do crime e sua presença no local foi desconsiderada. Havia alguma suspeita sobre ele, especialmente, depois que o pai de Aline o acusou de ser sangue frio e não mostrar preocupação com o desaparecimento da jovem.

Publicidade

Em segundo lugar, policiais investigam um perfil no Facebook que comentou sobre os assassinatos de Aline e o de Vitória, que ocorreu em junho do ano passado, em Araçariguama, também interior de São Paulo. A menina desapareceu e o corpo foi encontrado dias depois.

Por enquanto, não há suspeitos definidos no caso Aline. A morte dela está sendo classificada como homicídio pelos investigadores. De acordo com a Polícia Civil, mais testemunhas serão ouvidas.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br