in

Repórter da Globo se finge de paciente para obter informações da família Bolsonaro

Foto/Reprodução: EM
Publicidade

Mais uma polêmica envolve o Grupo Globo. Um repórter da Revista Época, que faz parte do Grupo, teria fingido ser paciente de Heloísa Bolsonaro, companheira do deputado Eduardo Bolsonaro. A reportagem foi mesmo publicada nesta sexta-feira, 13 de setembro, tendo caráter duvidosamente jornalístico para muitos internautas. O tema virou um dos mais comentados das redes sociais e o Grupo Globo, novamente, massacrado na internet. 

A matéria intitulada ‘O coaching on-line de Heloísa Bolsonaro’ é assinada pelo repórter João Paulo Saconi. Ele apresenta um artigo opinativo. De acordo com Heloísa, que é psicóloga, em nenhum momento João disse sua verdadeira profissão, tampouco que estaria participando das consultas para ter informações sobre ela, que faz parte da família Bolsonaro.

Publicidade

Em uma publicação na internet, Heloísa diz que o ex-paciente ligou para ela diversas vezes e, preocupada, retornou assim que possível às ligações. No entanto, ficou perplexa ao ouvir que o conteúdo das cinco sessões teria sido gravado. Eticamente, a situação causou conflitos nas redes sociais. 

No geral, médicos ou profissionais de saúde não podem falar a respeito da intimidade dos seus pacientes. Jornalisticamente, métodos duvidosos costumam ser aceitos quando o assunto exige, como, por exemplo, para provar a má conduta da profissional. A matéria, no entanto, mais fala sobre as sessões do que sobre qualquer conduta possivelmente errada.

Publicidade

Além de Heloísa, seu marido, e até mesmo o presidente da República, Jair Bolsonaro, usaram as redes sociais para detonar a Revista Época e o Globo Globo.

Publicidade
Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Resumo Bom Sucesso (18/09): Paloma é escorraçada por Alberto

Flamengo conta com três alterações importantes no elenco para enfrentar o Santos