in

Reviravolta: assassino de Aline e Vitória pode ser o mesmo homem; e mensagem choca

Foto/Reprodução: G1
Publicidade

O assassinato da jovem Aline Silva Dantas, de 19 anos, está dando o que falar em todo o país. O corpo dela foi encontrado parcialmente carbonizado em uma região de mata, em Alumínio, estado de São Paulo. Nesta sexta-feira, 13 de setembro, uma notícia envolvendo o caso acabou gerando perplexidade. 

De acordo com informações do portal de notícias G1, um homem entrou em contato com o pai de outra vítima, informando que teria matado tanto Aline quanto a outra suposta vítima. Essa seria a adolescente Vitória Gabrielly, que foi morta na cidade de Araçariguama (SP), em 2018. 

Publicidade

O contato com o pai de Vitória Gabrielly aconteceu por meio de uma rede social. As duas cidades são muito próximas. Apenas vinte quilômetros de distância separam as duas. A polícia confirmou que irá investigar o dono do perfil que afirma ter matado as duas vítimas. No entanto, os agentes acreditam que tudo não tenha passado de uma brincadeira de mau gosto. 

“As pessoas têm que ter cautela com o que publicam e falam”, disse a delegada Luciane Bachir, responsável pela investigação da morte de Aline. O contato do suposto assassino teria sido feito com o pai de Vitória durante a madrugada.

Publicidade

Homem ameaça matar nova jovem

Na mensagem, o homem diz claramente que ele matou Aline e também Vitória Gabrielly. O usuário chega a escrever o conteúdo justamente para uma pessoa muito próxima à menina que faleceu no ano passado, o próprio pai dela. 

Publicidade

O suposto assassino continua. “Realmente fui eu que matei Aline. Ninguém me pegou ano passado. Fui eu que matei Vitória Gabrielly, filha do Beto. Agora vou matar mais uma menina. Ninguém vai me pegar”, diz o homem, ameaçando uma nova vítima.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Luto na música: famoso cantor morre dias após ser diagnosticado com câncer

Homem que morreu há 22 anos é encontrado com a ajuda do Google Earth, confira