Desesperada, mulher tenta se salvar de incêndio em hospital com lençóis, mas tragédia acontece

Leia também

Super doador: homem tem 40 vezes mais anticorpos para o novo coronavírus

Ele ficou uma semana internado lutando contra a Covid-19 e agora pode ajudar muita gente.

Quarentena na Globo: demissões, contratações e um novo programa para Fernanda Gentil

Emissora apostou nas contratações dos ex-BBBs Babu Santana e Rafa Kalimann.

Youtuber famosa causa fúria na web ao devolver filho adotado: ‘como se fosse um pet’

Os seguidores acusaram a famosa de ter usado a criança para conseguir vantagens.

Urgente: imunidade ao novo coronavírus pode durar apenas seis meses; aponta estudo

Aparentemente, a única forma do mundo voltar ao normal é conseguindo a imunidade contra a Covid-19.
Fernando B
As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.
Publicidade

Nesta quinta-feira, 12 de setembro, uma tragédia aconteceu em um hospital do Rio de Janeiro. A unidade do Maracanã do Hospital Badim pegou fogo. Ainda ontem, chamou a atenção a demora na retirada dos mais de 100 pacientes que estavam internados no local. 

O incêndio começou por volta das 18h, mas ainda às 22h era possível ver a retirada de pacientes na região. Na manhã desta sexta, 13, onze mortes já haviam sido confirmadas na tragédia. 

Publicidade
Publicidade

O Globocop, helicóptero da Rede Globo no Rio de Janeiro, fez imagens nessa manhã mostrando o quanto a situação foi desesperadora. Em uma das janelas do terceiro andar, uma mulher tentou se salvar do local com lençóis. No entanto, a estrutura montada por ela acabou desabando. 

Publicidade

A mulher acabou despencando do local. A mulher foi identificada como Gigiane dos Santos. Ela estava no Hospital Badim acompanhando uma idosa. Ela fez o que é chamado de “Teresa”, que amarrar um lençol ao outro na tentativa de escapar. A mulher ainda enviou um áudio desesperado ao marido, avisando que faria a proeza. 

Publicidade

Por sorte, Gigiane não morreu, mas ela teve fraturas nas duas penas.“O hospital que eu estava tomando conta de uma senhora está pegando fogo, eu tentei pular do terceiro andar, estou toda quebrada no chão, no Badim, aqui no Maracanã, pelo amor de Deus, me ajuda”, contou a mulher, após cair e sobreviver. 

Na manhã desta sexta, a família da idosa que estava com a mulher procurava pela mãe. Já o marido enfatizou que sua esposa disse que o hospital estava escuro e que não conseguia achar as portas.