in

Apresentadora da Globo faz piada com tragédia do 11 de setembro e provoca polêmica

Foto/Reprodução: The New York Times
Publicidade

Nesta terça-feira, 10 de setembro, um momento polêmico tomou conta do programa Em Pauta, exibido ao vivo na GloboNews. Tudo ocorreu quando Leila Sterenberg decidiu fazer uma piada envolvendo o ’11 de setembro’, como ficou conhecido o maior ataque terrorista em solo americano. A tragédia que aconteceu em 2001 completou 18 anos, mas as lembranças das mais de três mil mortes não se acabaram. 

Leila Sterenberg, como mostra uma matéria do portal de notícias R7, conversava ao vivo com os correspondentes internacionais da emissora de notícia Gerson Camarotti, Guga Chacra e Monica Waldvogel. Foi então que ela decidiu fazer a piada, que acabou pegando muito mal.

Publicidade

A apresentadora queria fazer uma anedota pelo fato do 11 de setembro ser “adulto”, por estar completando 18 anos. “Amanhã o 11 de setembro faz 18 anos, né? Pode tirar título de eleitor e votar [risos]”, declarou a jornalista aos risos. Os colegas dela, durante o programa, preferiram o silêncio, ainda que suas feições não tenham escondido o quanto a situação foi realmente constrangedora.

Nas redes sociais, muitas pessoas não acreditaram no que ouviram. Dezenas de internautas, imediatamente, passaram a usar suas páginas para criticar a profissional. “Parabéns, as vítimas e familiares do 11 de setembro agradecem seu sarcasmo”, disse um internauta no Twitter, após assistir a cena na GloboNews.

Publicidade

A situação deu o que falar. Vale dizer que não é a primeira vez que casos como esses acontecem. Recentemente, um profissional do G1 fez um comentário contra o menino que acompanhava Bolsonaro no Sete de Setembro. Ele acabou sendo demitido.

Publicidade
Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Caso Aline: marido se descontrola com acusações e fala em agredir a família da esposa

Luto: perda no cenário musical é anunciada; e Daniel lamenta morte de sertanejo