in

Ministro Marcos Pontes é internado às pressas, em Brasília

Marcelo Camargo / Agência Brasil
Publicidade

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, teve que ser internado às pressas, no Hospital da Forças Armadas (HFA), em Brasília. O motivo foi um mal súbito e os médicos decidiram manter o ministro no hospital, por precaução.

Marcos Pontes, aos 56 anos, confirmou a informação ao portal de notícias G1 e também contou que, por ora, não precisa ficar internado. No hospital desde a noite de ontem, quarta-feira, o ministro fará alguns exames de rotina.

Publicidade

Ausência na Câmara

O ministro era esperado, nesta quinta-feira, em uma audiência na Câmara dos Deputados, na Comissão de Meio Ambiente. O assunto seria tratar sobre a exoneração de Ricardo Galvão, atual diretor do Instituto Nacional de Pesquisas (INPE). No entanto, a audiência será remarcada.

A deputada federal Fernanda Melchionna, do PSoL, estaria presente na sessão, mas se pronunciou e afirmou que entende a ausência do ministro ‘por motivo de força maior’.

Publicidade

O mal súbito do ministro causou preocupação nos apoiadores do governo Bolsonaro, até porque Marcos Pontes é o segundo ministro do governo que precisa ser internado no mesmo hospital em menos de 15 dias.

Publicidade

Ricardo Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, deu entrada, em 27 de agosto, na Unidade de Emergência, apresentando um ‘quadro de mal estar’. Ricardo ficou internado e recebeu alta no dia seguinte, saindo do hospital de cadeira de rodas.

O ministro do Meio Ambiente, por determinação médica, ficou cinco dias afastado dos trabalhos. Ainda não se sabe o prazo que será dado à Marcos Pontes.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Bom Sucesso: Paloma e Alberto se reaproximam e ela desabafa: ‘Vamos enlouquecer a Nana’

Bom Sucesso: Alberto não suporta rejeição de Paloma e resolve desistir de viver