in

Cunhado de Ana Hickmann tem sentença final

Jornal da Cidade Online
Publicidade

O cunhado de Ana Hickmann, Gustavo Correa, se tornou alvo de muitos debates após sofrer um atentado junto com a modelo e sua esposa.

Em um quarto de hotel, estavam Gustavo, sua esposa Giovana Oliveira, e Ana Hickmann. Giovana também é assessora da apresentadora, e foi ela quem levou o primeiro tiro.

Publicidade

Rodrigo Augusto de Pádua foi o autor do atentado e dizia que era um grande fã de Ana Hickmann. Após perceber que sua esposa havia sido baleada, o empresário Gustavo Correa partiu para cima do atirador e conseguiu cessar seu ato.

Homicídio

Gustavo conseguiu pegar a arma do bandido e disparar contra o próprio. Seu ato foi reconhecido como Legítima Defesa, mas o Ministério Público de Minas Gerais o denunciou por homicídio doloso, quando se tem a intenção de matar.

Publicidade

Em primeira instância, o Tribunal de Justiça havia absolvido o empresário e cunhado de Ana Hickmann. Posteriormente, o MP recorreu da decisão e tentou novamente incriminar Gustavo Correa pelo ato.

Publicidade

Sentença final

A sentença final foi, por unanimidade, de absolver Gustavo pelo ato, assim não considerando um crime cometido pelo empresário. O TJ alegou Legítima Defesa e a votação aconteceu nesta terça-feira.

O desembargador Júlio César Lorens saiu em defesa do empresário e foi acompanhado por outros dois desembargadores componentes da turma criminal. Por 3 votos a 0, Gustavo Correa sofreu a sentença final e foi absolvido com unanimidade, ocasionando a comemoração de muitos apoiadores do empresário, considerado herói por parte da população.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Aos 69 anos, Galvão Bueno descobre preocupante doença e Brasil entra em oração

Jovem tatuado na testa é pego roubando novamente e tem castigo pior