in

Grávida do 1º filho, Marília Mendonça revela sofrimento e desabafa: ‘nunca mais esqueci’

Divulgação/noticias.bol
Publicidade

A cantora Marília Mendonça está feliz da vida com a sua primeira gravidez. Ela está esperando um lindo menino. A criança é fruto do relacionamento da famosa com o cantor Murilo Huff. Inclusive, o casal já escolheu o nome da criança. O futuro herdeiro da rainha da sofrência vai se chamar Léo.

A famosa fez uma participação no programa Altas Horas e contou com tem sido sua experiência com a maternidade. A cantora também falou sobre uma preocupação que vem causando grande aflição em seu coração. Ela está angustiada com o mundo no qual o seu pequeno vai nascer.

Publicidade

Marília falou sobre a rotina pesada de shows que tem feito ao longo do mês. Em média, a artista faz 20, o que a deixa bastante cansada. Grávida e com a agenda repleta de eventos, a cantora contou os efeitos dos hormônios. Ela disse que está esquecendo as letras das músicas, mas apesar disso, ressaltou que engravidar foi uma das melhores coisas que aconteceram em sua vida.

“Quando falei que é a coisa mais louca que aconteceu na minha vida, é porque é. O meu maior desejo hoje é que todo mundo pudesse estar grávida”, disse a rainha da sofrência. Além de falar sobre a gravidez no programa do apresentador Serginho Groisman, Marília também revelou um drama que viveu no passado.

Publicidade

A famosa contou que sofreu bastante com ameaças no período da escola. “A galera inventava de me ameaçar. ‘Vou bater em você no final da aula’. E eu não entendia porque as pessoas faziam isso comigo”, desabafou a cantora.

Publicidade

Marília disse que as coisas mudaram depois que começou a levar o violão para a escola. Foi quando acabou se tornando popular, mas algumas situações marcaram muito a sua vida. Ela recorda de uma colega a chamar de macaca branca na época. A situação foi tão marcante que a mamãe do Léo consegue lembrar com detalhes do dia em que isso aconteceu.

Publicidade

Leia Também

Três direitos que todo consumidor tem e não faz ideia

‘Menino’ fumante que causou polêmica em estádio tem 36 anos e já é pai