in

Corre-corre durante festa religiosa deixa 31 mortos e mais de 100 de feridos

Divulgação: El Economista
Publicidade

Pelo menos 31 pessoas morreram e centenas ficaram feridas, de acordo com o último balanço de vítimas de um corre-corre no mausoléu do Imam Husein, da cidade iraquiana de Kerbala. A situação ocorreu durante a celebração de Ashura, o feriado religioso mais importante para os xiitas.

O Ministério da Saúde iraquiano informou em comunicado que pelo menos dez feridos estão em estado grave e alertou que o número de mortos pode aumentar nas próximas horas, pois é um número preliminar.

Publicidade

Não está claro o que causou o corre-corre durante o festival religioso.
O evento ocorreu enquanto dezenas de milhares de pessoas participaram da cerimônia central para comemorar a morte do Imam Husein, na cidade de Kerbala,

No local estavam centenas de fiéis que vieram de vários países como Afeganistão, Paquistão, Índia, Kuwait, Síria e Líbano, relatou o porta-voz da polícia local, Akram al Saadi. O feriado é comemorado com fortes medidas de segurança, com o envio de tropas do Exército, da Polícia, das Forças Aéreas e da milícia pró-governo da Multidão Popular.  

Publicidade

O Comitê de Segurança recomendou policiais na província para evitar a entrada de comboios de oficiais durante o evento e proibir a circulação de veículos dentro da cidade, bem como o voo de drones sobre o mausoléu”, disse Akram al Saadi. 

Publicidade

A celebração central de Ashura no Iraque ocorre em Kerbala, mas também houve eventos religiosos e festivos em pelo menos uma dúzia de locais, incluindo as cidades sagradas de Najaf e Samarra.

Os xiitas, apesar de serem a maioria da comunidade no Iraque, são uma minoria no Islã e constituem cerca de 10% dos 1,5 bilhões de muçulmanos no mundo.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional, e nas horas vagas escrevo para o site 1news.

Anitta desmente boatos de doença e crítica público: ‘Vocês estão ficando malucos’

Andréa chora ao falar de divórcio com Carlos Alberto: ‘Grande amor da minha vida’