in

Efeito chamariz: entenda esse truque das empresas que faz você comprar o produto mais caro

Foto: Reprodução / G1
Publicidade

Você já ouvir falar em efeito chamariz? Se não, saiba que provavelmente já foi vítima dele. Esse é o nome dado ao truque que a maioria das empresas utilizam na venda de produtos. Quando se compra um produto, pode-se citar o café como exemplo, na maioria das vezes existe a opção de três tamanhos; grande, médio e pequeno.

No geral, o tamanho médio custa quase o mesmo valor do grande. A maioria das pessoas faz a opção pelo maior e mais caro, isso por causa da diferença mínima entre os produtos. Caso você já tenha feito essa opção, saiba que foi vítima do chamado efeito chamariz. Esse viés cognitivo ocorre quando é apresentado um ao cliente uma terceira opção que aparenta ser mais atraente, no caso do café seria o tamanho médio. Nisso a pessoa acaba pagando mais caro por algo que provavelmente nem precise, apenas por acreditar ser vantajoso naquele momento.

Publicidade

Estudos realizados recentemente revelaram que não é apenas uma estratégia de marketing. Esse efeito também pode ser usado no recrutamento de profissionais. A pesquisa mostra que o julgamento das pessoas acaba sendo influenciado e tudo vai depender de como é apresentado o contexto dos fatos.

“Se você apresentar alternativas de uma certa maneira, pode levar as pessoas a consumir os produtos mais caros”, explicou a psicóloga Linda Chang, da Universidade Harvard, Estados Unidos. No entanto, se a pessoa aprende a identificar o efeito chamariz, pode aprender a ficar menos suscetível a esse truque usado pelas empresas.

Publicidade

Como funciona?

Dan Ariely, autor do livro Previsivelmente irracional, descreveu com detalhes como funciona essa isca para os clientes. Uma revista britânica oferece esse efeito para que seus leitores façam a opção pela assinatura mais cara. A revista oferece ao cliente três tipos de assinatura, uma anual por US$ 59, a impressa que sai por US$ 125 e a terceira opção que junta a versão impressa e digital por um valor de US$ 125.

Publicidade

A oferta da assinatura impressa é o chamariz, pois ela acaba oferecendo menos que o pacote e tem o mesmo preço. Várias pesquisas já revelaram que quando esse tipo de situação é bem elaborada, pode fazer com que a pessoa mude de opinião em até 40% dos casos.

Agora que você já conhece essa isca pode ficar mais atento para não cair nesse truque utilizado pela maioria das empresas. Muitas vezes, as pessoas fazem opção por algo que talvez não tenha serventia. O ideal é sempre se perguntar se realmente você vai precisar daquilo que está comprando.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, mas principalmente sobre o tema maternidade. "Busco levar a vida seguindo o manual do criador, a Bíblia". Contato através do e-mail: shyrlenepsouza@yahoo.com.br

Fabiana volta a enganar Vivi e blogueira se declara para a irmã: ‘Eu te amo’

Ludmilla e Pabllo Vittar estão namorando? Entenda o que vem ocasionando toda essa polêmica