in

Mãe vai visitar filho recém-nascido na UTI e sumiço do bebê causa perplexidade

Record TV
Publicidade

Graziela, de apenas 18 anos, estava grávida do primeiro filho e aguardava ansiosamente o nascimento do menino. Com sete meses de gestação, porém, ela foi levada às pressas ao Hospital da Mulher de São João do Meriti, na Baixada Fluminense, e ali deu à luz o menino.

Em entrevista à Record TV, Graziela falou um pouco sobre a gestação. Ele foi levado ao hospital devido a sangramentos. O momento que era para ser alegre, foi bastante difícil para a jovem e sua família. Ela passou por uma cesárea de risco.

Como toda criança prematura, Bryan foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele precisava ganhar peso e tratar uma infecção. Graziela recebeu alta e foi para casa. De sua residência, ela ficava ligando no hospital para ter informações sobre o filho.

Publicidade

No dia seguinte, a mamãe de primeira viagem foi ao hospital visitar o filho, mas quando chegou no local levou um grande susto. O menino não estava mais na UTI do hospital. A informação que ela recebeu foi surpreendente: o filho tinha sido transferido.

Publicidade

Bryan foi removido do Hospital da Mulher para o Hospital do Coração de Nova Iguaçu. A transferência, obviamente, deveria ter sido autorizada pela família para que pudesse ser realizada. Somente em casos extremos que algo desse tipo poderia ter sido feito, mas a família teria que ser avisada imediatamente.

No local, Graziela soube o real estado de saúde do filho e descobriu que ele sofre de uma infecção grave, respira com a ajuda de aparelhos e luta pela vida. “Meu filho é lindo e está lutando para viver”, comentou Graziela.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br