Confira os 10 carros usados que costumam dar menos problemas aos donos

Leia também

Mulher de 27 anos vai se casar com empresário de 72 e prova que amor não tem idade: ‘Minha alma gêmea’

De acordo com a jovem, foi como os seus sonhos tivessem se tornado realidade.

Lembra da Carolina Ferraz? Respire fundo, pois aos 52 anos, ela está ainda mais bela

Em janeiro deste ano, ao completar 52 anos, Carolina Ferraz causou alvoroço na mídia por foto sensual; veja como ela está.

Reinaldo Gottino pede demissão da CNN e assina com grande emissora; terá programa semanal

Reinaldo Gottino se demite da CNN Brasil e volta para a Record como estrela, em dois programas.

Quem trabalhou nos últimos 3 meses não pode receber auxílio de R$ 600,00

Diante da portaria do Ministério, muitos cidadãos estarão proibidos de receber o auxílio.
Publicidade

Estudos mostram que 67,7% dos motoristas que tem entre 35 a 55 anos usam apenas gasolina, sendo que 37% rodam de 11 a 50 quilômetros por dia. Dos carros usados por estes motoristas, 52,6% foram comprados como seminovos e 54,3% foram comprados em concessionárias.

Sobre os equipamentos obrigatórios, as percentagens que os automóveis que participaram da pesquisa são:

Publicidade
Publicidade
  • Airbag para motorista: 22,8%
  • Freio ABS: 20%
  • Airbag para passageiro (frente): 1,8%
  • Airbags para proteção do crânio (laterais): 0,8%
  • Airbags para passageiros do bando de trás: 0,4%

Confira abaixo os 10 carros que supostamente dão menos dores de cabeça para seus donos, com suas respectivas avaliações:

Publicidade
  •  Honda Civic
    Avaliação: 95,0
  • Toyota Corolla
    Avaliação: 94,2
  • Honda Fit
    Avaliação: 92,8
  • Fiat Palio
    Avaliação: 89,3
  • Ford New Fiesta
    Avaliação: 88,6
  • Ford Focus
    Avaliação: 88,6
  • Fiat Siena
    Avaliação: 88,5
  • Volkswagen Fox
    Avaliação: 88,2
  • GM Chevrolet Onix
    Avaliação: 87,8
  • GM Chevrolet Prisma
    Avaliação: 86,3

Esta seleção foi feita pela PROTESTE, que decidiu seguir exemplos de associações americanos e europeias que costumam realizar pesquisa de confiabilidade dos veículos. Nesta pesquisa em questão, foi criado um questionário que foi respondido por mais de 3 mil donos de automóveis. Na apresentação, porém, não foi levado em conta fatores como problemas periódicos de acidentes ou visitas regulares para a revisão do veículo.

Publicidade

Segundo Nilton Monteiro, diretor executivo da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, a melhor opção para quem quer comprar um carro usado é comprá-lo na concessionária da marca do veículo pretendido, pois esta geralmente oferece garantia e melhores dados sobre o veículo. Outro aconselhamento que ele dá é de, no momento da compra, ir acompanhado com um mecânico de confiança, pois ele saberá melhor por onde começar a checar o automóvel.